Segredos automotivos

Ex-equipe de F1, Caterham quer parceiro para vender esportivo no Brasil

Divulgação
Hot rod descapotado e com linhas retrô, sexagenário Seven é o modelo escolhido pela marca para iniciar operação Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

18/05/2017 08h00

Representante da marca na América do Sul está atrás de revendedores para "hot rod" Seven

A Caterham, montadora de carros esportivos leves que já deu nome a uma equipe de Fórmula 1, está procurando um parceiro no Brasil para comercializar seus carros.

A informação foi fornecida com exclusividade a UOL Carros pela Global X Sports, empresa com escritórios em Solihull (Inglaterra) e em Boca Raton (Flórida, Estados Unidos), contratada pela Caterham para ser representante da marca na América Latina.

De acordo com Global X Sports, já há negociações com potenciais revendedores no Brasil. A intenção é abrir uma concessionária em todos os países latino-americanos "onde for possível". A primeira unidade nessa nova fase será aberta em breve no México.

A marca já está presente na América do Sul, com sites oficiais para os mercados argentino, colombiano, chileno e peruano -- nesses países, a importação direta é facilitada. Nos três últimos são listadas concessionárias físicas, enquanto na Argentina a compra pode ser feita por encomenda, diretamente no Reino Unido.

A Global X Sports afirma ter "19 anos de experiência em distribuição automotiva" e diz que os planos são disponibilizar aos clientes latino-americanos toda a linha da marca, incluindo todas as variações do esportivo Seven (165, 275, 355 e 485).

Prestes a completar 60 anos, o Seven traz desenho que lembra calhambeques e hot rods americanos, com dois assentos, motor dianteiro, capô longo e temperamento adequado para as pistas. Apesar do estilão excêntrico, ele é homologado para rodar em vias públicas.

A versão 485, por exemplo, conta com propulsor 2.0 de origem Ford (Duratec), capaz de render 240 cv. Com ele, vai de 0 a 100 km/h em meros 3,4 segundos. Na Europa, seu preço sugerido é 47.495 euros (cerca de R$ 165 mil).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo