Carros

Ataque a computadores parou fábricas de Renault e Nissan

Divulgação
Nissan Leaf teve produção afetada pelo Wannacry Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/05/2017 15h19

O ataque de hackers a mais 200 mil computadores e redes de pelo menos 150 países, iniciado na última semana, afetou também a produção de carros de Renault e Nissan.

De acordo com fontes ligadas às fabricantes, as unidades da Renault em Sandouville (noroeste da França), bem como da Nissan em Sunderland (fábrica do Reino Unido que entrega o elétrico Leaf) foram paralisadas após o ataque com o vírus do tipo "ramsonware" (que exige um "resgate finaceiro" para destravar as informações da máquina), que paralisou computadores e sistemas na Europa, Ásia, América do Norte e do Sul, principalmente. 

De acordo com agências como "Reuters", "EFE" e jornais como "El País", as atividades nas fábricas estão sendo retomadas apenas nesta segunda-feira (15). Além disso, fontes ligadas à Renault afirmaram que medidas para "os vírus não se propaguem" também foram tomadas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo