Mobilidade

Pequena fabricante se antecipa à Tesla e apresenta picape 100% elétrica

Divulgação
Picape W-15 tem dois motores elétricos que rendem potência combinada de 466 cv Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/05/2017 19h09

Workhorse W-15 ainda não tem preço, mas já tem 4.650 encomendas

A Tesla anunciou que vai apresentar em setembro seu primeiro caminhão totalmente elétrico e irá revelar uma picape em até dois anos -- e que um ônibus também está nos planos. O que falta saber é como a companhia vai lidar com a questão das baterias e sua autonomia, considerando que falamos de utilitários para o transporte de carga, mais pesados, o que demanda mais energia à disposição.

Apesar do anúncio, a própria marca californiana admite que o desenvolvimento de seus veículos ainda tem muito caminho a percorrer. Mas uma pequena companhia norte-americana provou o contrário esta semana e diz ter pronto seu projeto de utilitário elétrico, cujas primeiras unidades serão entregues no ano que vem: trata-se da picape W15, da Workshorse, que certamente deve estar no radar da Tesla, ao menos como exemplo a ser analisado.

Diferentemente da empresa de Elon Musk, cujos automóveis têm baterias de íons de lítio recarregadas exclusivamente na rede de energia elétrica, a Workhorse segue uma abordagem semelhante à adotada pela BMW com o compacto i3, com extensor de autonomia: combinar motor elétrico, responsável pela tração das rodas, com motor convencional a combustão, que funciona apenas como gerador para abastecer as baterias com o carro em movimento.

Divulgação
Apesar de "já estar pronta", por dentro a cabine é bastante espartana e tem acabamento simples Imagem: Divulgação

 

Como ela é?

No caso da picape W-15, são utilizados dois motores elétricos, que rendem potência combinada de 466 cv, distribuídos para as quatro rodas. O torque ainda não é informado, mas será grande e, como em todo veículo elétrico, instantâneo. Coincidência ou não, o motor compacto a gasolina que funciona como gerador é fornecido pela BMW. O conjunto, diz a fabricante, permite acelerar de zero a 96 km/h em 5,5 s.

A fabricante promete autonomia de 128 km com a carga completa, o que não é muito na comparação com automóveis elétricos de passeio, que hoje gira em torno de 500 quilômetros, a exemplo da versão de topo do Model S.

Portanto, seu uso ficará restrito a trechos urbanos e viagens curtas. A capacidade de carga de 1 tonelada na caçamba também não impressiona e está abaixo do que picapes a combustão de mesmo porte hoje oferecem. A capacidade de reboque de 2,2 toneladas é inferior à da Ford F-150, por exemplo, capaz de puxar 3,8 toneladas com seu V6 biturbo a gasolina.

Por fora, a W-15 tem estilo quadradão, caracterizando-se como utilitário, feito para pegar no batente. Por dentro, a cabine também é bastante espartana. Na lateral, ela conta com uma tomada de 7,2 kWh de 30 amperes para plugar ferramentas e outros equipamentos elétricos. Os preços ainda não foram anunciados, mas a Workhorse diz que já tem 4.650 unidades encomendadas.

Divulgação
Na lateral há uma tomada de 7,2 kWh de 30 amperes para plugar ferramentas e outros equipamentos elétricos Imagem: Divulgação

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Mobilidade

Topo