Testes e lançamentos

Chevrolet lança Equinox para substituir Captiva no Brasil no final do ano

Do UOL, em São Paulo (SP)

SUV será apresentado apenas no segundo semestre, afirma GM

A Chevrolet confirmou nesta segunda-feira (27) que o SUV Equinox será lançado no Brasil no segundo semestre deste ano. O modelo, que tem o mesmo porte de um Captiva, chega para ser mais um competidor da categoria de SUVs médios, hoje habitada por Jeep Compass, Kia Sportage e Hyundai ix35, entre outros.

"Este é o ano dos SUVs na Chevrolet, e o Equinox é a principal novidade global da linha 2017”, destaca Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul. Segundo a empresa, nesta região, o carro será comercializado apenas no Brasil este ano.

Saul Loeb/AFP
SUV será apresentado apenas no segundo semestre, afirma GM; estreia foi no Salão de Detroit deste ano Imagem: Saul Loeb/AFP

Como ele é

Construído sobre uma inédita plataforma da GM voltada apenas a SUVs, o Equinox tem três opções de motor, todas sobrealimentadas por turbo: são dois a gasolina -- 1.5 de 172 cv e 2.0 de 256 cv, este último herdado da versão básica do Camaro, porém com outra calibração -- e um a diesel, de 139 cv.

A nova base permitiu redução de 180 quilos no peso (em ordem de marcha) se comparado à geração anterior.

Além disso, o novo Equinox traz como itens de série (nos EUA) tração integral, central multimídia MyLink 2 (com internet sem fio 4G e projeção de celulares em telas de 7 ou 8 polegadas) e sistemas semi-autônomos como assistente de manutenção de faixa, câmera de 360 graus, indicador de distância para veículo à frente -- com frenagem automática em velocidades mais baixas -- e alerta de tráfego cruzado à traseira.

A Chevrolet do Brasil, porém, ainda não revelou quais serão os features do carro que será importado do México para cá.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo