Testes e lançamentos

Hyundai Creta têm sustância para conquistar segmento de SUVs? Assista

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/03/2017 04h00

Meta da Hyundai é ambiciosa e carro tem predicados. Dará certo?

Não é tarefa fácil destronar os desejados Honda HR-V e Jeep Renegade, que têm bons números de venda no Brasil (cerca de 50 mil carros anualmente) mesmo nas seguidas temporadas de crise em que o mercado se encontra há alguns anos.

Apesar disso, a receita para conseguir tal feito é relativamente simples: ter preço competitivo, bom recheio de equipamentos, desenho atraente e valores de pós-venda interessantes. UOL Carros afirmou, ao rodar com o carro à época do lançamento, que atributos para explodir e virar "sensação" o carro tinha.

O plano inicial das "Hyundais" (incluindo a importadora Caoa e a montadora HMB) é de vender 3.000 carros por mês, para encostar e fazer leve pressão nos líderes.

Em fevereiro, seu primeiro mês "cheio" de vendas, foram 2.331 unidades emplacadas, de acordo com dados da Fenabrave. Já na primeira quinzena deste mês, segundo dados da agência Autoinforme, do nosso blogueiro Joel Leite, o carro já foi licenciado 1.519 vezes -- número que, se dobrado, supera a meta estabelecida pela fabricante.

Como ele é

Os preços do Creta partem de R$ 72.990, mas as configurações 2.0 começam em R$ 92.490 e são mais compatíveis com o que o cliente dessa categoria busca. 

Há bom torque e potência em baixas e médias rotações, câmbio e suspensões são muito bem acertados e o silêncio da cabine é surpreendente.

Em termos de espaço, vai com conforto quem senta no banco de trás -- dois adultos com folga; três com ligeiro aperto -- e há boa capacidade do porta-malas, de 431 litros (para efeito de comparação, são 437 l no HR-V e 260 litros no Renegade).

UOL Carros atingiu valor médio de 11,2 km/l com gasolina em percurso rodoviário, número interessante, mas que fica dentro do esperado para a categoria. Quer saber mais? Assista à vídeo-reportagem, no topo desta página.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo