Testes e lançamentos

Nova Nissan Frontier, R$ 166.700, será a mais barata das picapes completas

Murilo Góes/UOL
Frontier usa mesma base das inéditas Renault Alaskan e Mercedes-Benz Classe X Imagem: Murilo Góes/UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/03/2017 12h55

Nova geração chega ao mercado na segunda semana de março

Última das picapes médias a se renovar no mercado brasileiro, a Nissan Frontier quer tirar a diferença das rivais na base do preço. Como as demais, que apostam na receita de novas plataformas, muita tecnologia e até boa dose de conforto, a Frontier não será barata: por ora, a Nissan dá o preço apenas da versão topo de gama, que chegará por R$ 166.700.

+ Especial "Poderosas Picapes" avalia todas as novidades. Clique e veja

Com este valor, porém, será a mais barata dentre as principais concorrentes, quando falamos da versão mais completa.

Mais vendidas, Toyota Hilux (de R$ 113.280 a R$ 189.970 na versão de topo) e Chevrolet S10 (R$ 113.340 a R$ 175.990) são até R$ 23 mil mais caras considerando as versões mais equipadas. Toda tecnológica, a Ranger (R$ 103.990 a R$ 185.190) pede até R$ 18 mil a mais, embora seja o modelo com a versão básica mais em conta de todas.

Também com nova geração, a "All New" Mitsubishi L200 Triton vai de R$ 131.990 a R$ 174.990 na configuração mais cara (diferença de pouco mais de R$ 8 mil). Já a Volkswagen Amarok, que teve forte reestilização, embora use a mesma base, parte de R$ 113.990, indo a R$ 167.990, ficando apenas R$ 1.290 acima da Frontier. Temporariamente, porém, há a série especial Amarok Extreme, com diferenças de estilo, a R$ 177.990 (mais R$ 11 mil).

Reforço 

Segundo a Nissan, esta 12ª geração tem como diferencial o chassi reforçado (mais leve, seguro e eficiente), nova família de motores (2,3 litros, turbodiesel, de 188 cv) e transmissão (automática de sete marchas). Além disso, aposta em equipamentos de tecnologia como controle automático de Descida (HDC) e auxílio de partida em rampa (HSA), também existentes nas rivais. 

No lançamento, haverá apenas a versão cabine dupla com tração 4x4. Importada do México, esta 12ª geração vai conviver um tempo no mercado com a Frontier atual, que seguirá sendo fabricada no Brasil até a atualização da fábrica e dos planos da Nissan.

Projetada em conjunto com Renault e Mercedes-Benz, a nova Frontier vai abrir caminho para outros dois modelos que estrearão mais tarde no Brasil: Alaskan (Renault) e Classe X (Mercedes)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo