Topo

Seu Automóvel

Marcas de luxo são as que mais fizeram recall no Brasil em 2016; veja lista

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/01/2017 15h07

Fabricantes premium puxam alta de 5% no número de campanhas

Quantas vezes você não leu/ouviu discursos raivosos contra as "carroças" populares brasileiras, em exaltação especialmente aos carros de luxo importados? Pois bem... Parece que o jogo virou. Marcas que atuam somente em segmentos considerados premium por aqui foram as que mais fizeram recall em 2016, segundo levantamento do Fundação Procon-SP.

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, o setor automotivo foi responsável por realizar 122 campanhas, alta de 5% em relação a 2015 (quando ocorreram 116). A boa notícia é que o número de unidades afetadas diminuiu, de 2.835.185 para 1.661.064, queda de expressivos 41%.

A Porsche foi a fabricante que mais registrou chamados: 14. Na sequência vieram Jeep, Mercedes-Benz e Subaru. BMW e Lexus também compõem o grupo das 10 mais. Outra ironia é que a primeira generalista do ranking é a Toyota -- logo ela, tão famosa por construir carros que não dão defeito --, em quarto lugar (empatada com a Subaru).

Veja a lista das 10 mais no álbum.

Ranking por defeito

Parte da explicação para o fenômeno está na colossal extensão dos problemas de airbags da japonesa Takata, fornecedora de boa parte dessas fabricantes. Não à toa, os sistemas de bolsas infláveis lideraram a lista de recalls por tipo de defeito, com 28 chamamentos. Confira o top-10:

1. Airbags - 28
2. Freios - 16
3. Sistema elétrico/eletrônico - 15
4. Sistema de combustível - 11
5. Motor e sistemas relacionados - 10
6. Transmissão e sistemas relacionados - 8
7. Direção - 7
8. Cinto de segurança - 6
9. Sistemas de fechamento - 6
10. Limpador de para-brisa / bancos - 5

Ainda segundo o Procon, 7.222.033 produtos foram alvo de recall no Brasil em 2016, de todos os tipos, o que significa que aproximadamente uma em cada quatro unidades afetadas foi um automóvel.

Mais Seu Automóvel