Topo

Salão de São Paulo

Hyundai Creta terá motor 1.6 de HB20 e 2.0 na versão de topo

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/10/2016 16h41

A Hyundai do Brasil confirmou nesta segunda-feira (31) que o suvinho Creta vai oferecer duas motorizações diferentes no país -- a exemplo do que ocorre na Rússia.

As versões de entrada serão equipadas com o motor 1.6 aspirado da família do HB20, com duplo comando variável de válvulas (D-CVVT) na admissão e no escape, que deve render mais potência e torque em baixas rotações.

Já as configurações de topo serão movidas por um 2 litros, também com sistema de duplo comando, da família de motores Nu, usada tanto pela Hyundai quanto pela Kia, com potências declaradas entre 156/167 cv e 169/178 cv (gasolina/etanol), a depender da configuração.

Potência e torque oficiais só devem ser revelados pela empresa no Salão do Automóvel de São Paulo, que começa no próximo dia 10. Sistema de transmissão deve manter a caixa automática de seis marchas, além do manual também de seis marchas usados no HB20. 

Conforme antecipado por nossa reportagem, a plataforma do Creta não será a mesma do hatch compacto -- chamada de J5, a base do modelo deriva de modelos médios da marca, como i30 e Elantra.
Divulgação
Teaser do Hyundai Creta nacional confirma que suvinho terá motor 2.0 Imagem: Divulgação

 

Mais Salão de São Paulo