Carros

Engenheiro da VW admite culpa em fraude para amenizar pena

Da Deutschewelle, na Alemanha

12/09/2016 12h15

James Liang foi o primeiro engenheiro da Volkswagen a admitir em juízo culpa no esquema de manipulação de emissões dos motores a diesel da companhia.

Acusado nos Estados Unidos de estar diretamente envolvido no desenvolvimento do programa que fraudava dados sobre os índices de poluentes emitidos pelos propulsores da família EA189, Liang declarou-se culpado perante juiz do tribunal de Detroit, no Estado de Michigan.

O motivo: James quer evitar ir a julgamento e busca uma pena mais branda no caso. Por isso, além da confissão, o engenheiro cooperará com as autoridades que estão realizando as investigações.

No início do julgamento ele poderia ser condenado a até cinco anos de prisão, bem como ao pagamento de multa de até US$ 250 mil. Ao reconhecer culpa a pena deve ser atenuada, segundo informações do Departamento de Justiça dos EUA.

Quem é James Liang

De acordo com documentos judiciais, Liang trabalhou na sede da Volkswagen, em Wolfsburg (Alemanha), de 1983 a 2008. Depois, foi transferido para filial na Califórnia, para integrar a equipe que testava veículos com motor a diesel comercializados em território americano.

Foi essa equipe que deu garantias de conformidade dos modelos com as normas americanas de poluição, segundo os documentos.

"Liang fez parte do time que desenvolveu o motor EA189, concebido para estar de acordo com as novas regras americanas em relação às emissões", declarou a acusação.

Em setembro de 2015 a Volkswagen admitiu ter manipulado dados de gases poluentes emitidos por cerca de 11 milhões de veículos em todo o mundo. A montadora já concordou em pagar mais de R$ 80 bilhões em compensações, mas os promotores americanos seguem investigando criminalmente o escândalo. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo