Carros

Salão de Elétricos vazio prova que ainda ignoramos carro "verde"

Murilo Góes/UOL
Evento acontece entre quinta-feira (1º) e sábado (3), em SP; entrada é gratuita Imagem: Murilo Góes/UOL

André Deliberato
Leonardo Felix
Murilo Góes

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/09/2016 19h59

O 12º Salão de Latino-Americano de Veículos Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias, que acontece esta semana no pavilhão amarelo do Expo Center Norte, tem como principal objetivo, de acordo com os organizadores, "discutir entre os grandes experts do setor" a melhor forma de encarar o novo cenário do mercado da mobilidade, cada vez mais competitivo e globalizado, orientado principalmente por novos comportamentos do consumidor.

Para celebrar a abertura, nesta quinta-feira (1º), participaram da solenidade o presidente da ABVE (Associação Brasileira do Veículo Elétrico), Ricardo Guggisberg; vice-presidente da Anfavea (Associação dos Fabricantes), Ricardo Bastos; presidente da AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva), Edson Orikassa; e o secretário municipal dos Transportes, Jilmar Tatto.

Murilo Góes/UOL
Toyota lançou novo Prius recentemente e aproveitou chance para mostrar o modelo Imagem: Murilo Góes/UOL

Foco no outro Salão

Mas apesar das conferências e cerimônias realizadas nesta quinta e sexta-feira, o resultado não foi exatamente como se esperava: estandes e estacionamento vazios e expositores ociosos eram comuns no pavilhão da zona norte de São Paulo, que atraiu pouquíssimos visitantes.

Até mesmo fabricantes com portfólio de veículos "verdes" já à venda no Brasil, como o grupo Renault-Nissan e BMW, tiraram o pé e não compareceram a esta edição do evento, ao contrário do que se viu em anos anteriores. Por conta da crise, as marcas desta vez preferiram concentrar o foco do segundo semestre no Salão de SP, que acontece em novembro.

Apenas a Toyota, que propôs reformulações ao Prius recentemente, marcou presença -- justamente por causa da nova geração do híbrido, seu estande era um dos mais movimentados durante esta sexta, ao menos enquanto a equipe de UOL Carros esteve no local.

Murilo Góes/UOL
Salão ainda promove testes de scooters e bikes elétricas e não há fila de espera Imagem: Murilo Góes/UOL

Táxi elétrico

A surpreendente marca chinesa BYD apresentou o E6, um carro 100% elétrico que começará a fazer corridas de táxi em São Paulo -- o mesmo carro já faz esse serviço em outras cidades, como Campinas (SP). A Nissan foi outra empresa que também fechou acordo com a prefeitura de SP, em 2012, ao ceder algumas unidades do Leaf para a mesma tarefa.

O E6, que tem um quê de Fiat Stilo, pode rodar cerca de 300 km com uma carga de bateria -- que a marca garante que pode se recarregada em duas horas.

Enxerga o veículo elétrico como futuro ou simplesmente é fã de novas tecnologias? Ainda há chance visitar: o 12º Salão latino-americano de Veículos Elétricos acontece até este sábado (3), no pavilhão amarelo do Expo Center Norte (Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, SP), das 12h às 20h. A entrada é gratuita, mas o estacionamento custa R$ 40.

Murilo Góes/UOL
Chinesa BYD mostra o E6, carro elétrico que vai virar táxi em São Paulo Imagem: Murilo Góes/UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo