Carros

Citroën promete virar exemplo de atendimento ao cliente até 2021

Murilo Góes/UOL
C3 ganha motor 1.2 para ser um dos carros com menor custo de utilização do mercado brasileiro; meta é deixar para trás imagem negativa em pós-venda Imagem: Murilo Góes/UOL

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Caetano do Sul (SP)

20/06/2016 12h28

A Citroën prometeu, nesta segunda-feira (20), mudar a imagem ainda negativa e passar a ser referência em serviços de pós-venda num prazo de cinco anos.

Essa promessa representa mais do que aposta em ficar entre as três melhores marcas em atendimento na rede, com velocidade e precisão de reparos em oficinas, oferta de peças e revisões adequadas e serviços que não pesem no bolso.

Significa mudar uma imagem (compartilhada com a Peugeot) que ainda é negativa junto ao público, apesar de ações pontuais ao longo dos anos.

Quem gasta menos?

Uma das medidas é a de clareza e transparência no atendimento para revisões e pequenos reparos, aposta em reforço da ideia de que os modelos da marca podem ser econômicos e eficientes (sobretudo o C3), bem como o retorno ao cliente em caso de reclamações em até 24 horas.
 
Murilo Góes/UOL
Propulsor 1.2 não deixa C3 tão eficiente quanto o 208, mas ainda assim hatch será um dos mais econômicos do país Imagem: Murilo Góes/UOL
Segundo a fabricante, o C3 1.2 PureTech, que começa a chegar às lojas em junho por R$ 46.490, será um dos veículo brasileiro com menor custo de utilização quando se soma preço fixo de revisões mais gasto com combustíveis até 30 mil km, num total médio anunciado de R$ 8.214.
 
Pelas contas da própria Citroën, o coirmão Peugeot 208 chega a R$ 8.345, enquanto o Volkswagen up! TSI alcança R$ 8.586.
 
"Nosso custo de manutenção estava na média de mercado, mas nosso cliente chegava à rede acreditando que era caro, então temos essa ação para mostrar que o plano está entre os mais baratos do mercado, sem redução de qualidade", afirmou Nuno Coutinho, diretor de marketing.
 
Além disso, a marca amplia o programa de preço fixo para revisões a R$ 365 anuais ("R$ 1 por dia ou R$ 0,56 por quilômetro rodado" no marketing da marca) para o sedã médio C4 Lounge. Até então, o serviço atendia C3 e C3 Picasso/AirCross. 
Divulgação
Sedã C4 Lounge entrará em plano promocional de revisão de "R$ 1 por dia" Imagem: Divulgação
 

Avaliações online

Haverá ainda a possibilidade de agendar serviços em concessionárias bem avaliadas por outros clientes, por meio de um programa online chamado Citroën Advisor, que permite ainda dar notas a lojas e serviços após o atendimento.

Para isso poderá ser usado um aplicativo de celular chamado i-check. Segundo executivos da marca, "434 avaliações já foram feitas no app feitas de janeiro a maio, com 96% de satisfação", levando à média 4,8 (considerando 5 como nota máxima).

Um carro por ano

Além de tentar promover uma melhoria contínua do atendimento, a Citroën sabe que não pode ficar estagnada e promete apresentar um novo produto por ano, seja lançamento de carro ou ampliação de linha, até 2021. Na conta, são pelo menos mais cinco modelos até lá.

Nessa matemática não está computado o C3 Pure Tech, com motor 1.2 3-cilindros e índices de consumo no Inmetro que fazem dele, pelo menos em teoria, um dos mais eficientes do Brasil. O hatch com nova motorização começa a chegar às lojas neste mês. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo