Carros

Salão de São Paulo terá casa nova em 2016; saiba o que muda

Adriano Vizoni/Folhapress
Fim do aperto e do calor no Anhembi? Segundo organizadores, São Paulo Expo, nova casa da mostra, vai oferecer 10% a mais de espaço e ar-condicionado Imagem: Adriano Vizoni/Folhapress

Fernando Calmon

Colunista do UOL, com redação

07/04/2016 13h13Atualizada em 31/10/2016 17h46

Finalmente o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo terá um local digno para importância do maior evento da América Latina organizado por empresa particular. Será no São Paulo Expo (antigo Centro de Exposições Imigrantes), localizado na zona sul da capital, próximo à saída para o litoral sul.

O espaço, a ser inaugurado no dia 26 de abril, está sob administração do grupo francês GL, que investiu R$ 400 milhões no empreendimento. O evento estará aberto ao público entre os dias 10 e 20 de novembro.

Divulgação
Maquete virtual da São Paulo Expo, nova casa do Salão de São Paulo Imagem: Divulgação
"É histórica a ligação entre o Salão do Automóvel e o Anhembi, mas a falta de prazos para sua reforma colaborou para que mudássemos o endereço desta próxima edição", declarou Juan Pablo De Vera, presidente da Reed-Alcântara, organizadora do evento.

A afirmação do executivo deixa implícito que a mudança, por enquanto, é tratada como provisória. Não há acordo para salões futuros. Portanto, a mostra pode regressar à sua velha casa se forem feitas as adequações necessárias.

O que melhora

O São Paulo Expo contará com pavilhão de 90 mil m² (10% maior que o Anhembi) climatizado -- uma das grandes reclamações sobre o pavilhão do Anhembi era quanto à falta de ar-condicionado --, estacionamento coberto para 4,5 mil veículos, praça de alimentação para 600 pessoas e mais possibilidades de acesso.

Além disso, a administradora do espaço está modificando quatro vias de acesso, para melhorar a fluidez, e promete dedicar um "bolsão" de 20 mil m² com duas pistas de testes para consumidores e jornalistas.

Com mais espaço, a Reed-Alcântara espera receber até 90 expositores (seis a mais que em 2014) no local. Apesar disso, a expectativa é que o número de visitantes seja semelhante ao de anos anteriores: 750 mil. Não é um índice ruim, visto que o Salão de São Paulo é, atualmente, o quinto mais visitado do mundo, atrás apenas de Paris, Frankfurt, Detroit e Tóquio.

O local fica a 1,9 quilômetro, a pé, da estação de metrô Jabaquara, da linha 1 (Azul), basicamente a mesma distância do Anhembi em relação à estação Portuguesa-Tietê. Isso significa que, assim como ocorria até 2014, a organização provavelmente terá de oferecer ônibus gratuitos da estação até o pavilhão. 

Ingressos já estão à venda no site da Tickets4Fun. Confira os valores (integrais), com direito a meia entrada para estudantes:

+Dia de abertura: R$ 40
+Dias de semana: R$ 70
+Sábados, domingos e feriado prolongado de 14 e 15/11: R$ 95
+Dia de encerramento: R$ 70 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo