Carros

Tata pensa em renomear compacto Zica após crescimento do zika vírus

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

A Tata Motors, empresa indiana dona da Jaguar Land Rover, afirmou em comunicado que estuda trocar o nome de um de seus novos compactos, o Zica, após o crescimento do zika vírus, mesmo após algumas semanas do lançamento de uma grande campanha de marketing da empresa, que utilizou o melhor jogador de futebol do mundo, Lionel Messi, como garoto propaganda.

Divulgação
Tata Zica é um subcompacto que disputaria mercado com Fiat Uno e VW up! no Brasil Imagem: Divulgação
O "Zica" da Tata -- abreviação do termo "Zippy Car", em inglês ("carro virogoso", na tradução literal) -- utiliza a letra "C", enquanto o vírus emprega "K". Mesmo assim, a montadora afirmou que associações ??com o vírus seriam inevitáveis.

A possível troca de nome acontece no momento em que a OMS (Organização Mundial da Saúde) decide declarar o zika como emergência de saúde global. O vírus tem sido associado a milhares de casos de microcefalia no Brasil.

Palavras oficiais

Por e-mail, a chefe de comunicações corporativas da Tata, Minari Shah, afirma que "a decisão de nomear o Zica aconteceu muitos meses antes e que não era possível prever qualquer um dos eventos recentes". A executiva ainda afirma que a marca avalia a situação, mas ainda não possui uma data para divulgar o novo nome.

O Zica é um pequeno compacto global que, se fosse vendido, disputaria mercado com Fiat Uno e VW up! no Brasil, que a marca se prepara para apresentar neste mês no Salão de Nova Déli. 

O modelo chega ao mercado asiático para concorrer com Hyundai i10 e Chevrolet Spark, entre outros subcompactos. No mercado indiano, ele deverá utilizar um motor de três cilindros, 1,2 litro movido a gasolina, além de uma versão 1.0 a diesel.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo