Carros

Ford garante Fusion, 1.0 turbo e "OnStar melhorado" no Brasil

André Deliberato

Do UOL, em Detroit (EUA)

12/01/2016 18h43

Pelo que mostrou -- e contou -- no Salão de Detroit 2016, a Ford terá um ano agitado. Além de lançamentos e remodelações, a marca deve lançar no Brasil o FordPass, seu serviço de assistência pessoal (nos mesmos moldes do Chevrolet OnStar), novos Fusion e Ranger, além do motor 1.0 turbo da família Ecoboost.

Conforme já antecipado por UOL Carros, a marca inicia sua agenda em abril com nova Ranger, picape produzida na Argentina que passará por sua primeira reestilização dentro desta atual geração. Em seguida, em maio, a empresa deve (finalmente) lançar o novo Edge no país. 

Em junho será a vez do Fiesta Sport estrear o motor 1.0 Ecoboost (turbo e injeção direta) no Brasil, que deve aos poucos se espalhar também pela gama de Focus e EcoSport. Na sequência a marca passa a trazer do México o Fusion reestilizado, apresentado agora em Detroit. 

Conservador

Este tapa no visual do Fusion deixou o modelo 2017 genérico se comparado ao anterior: faróis dianteiros mais estreitos e nova assinatura de LED padronizam a frente do carro ao design global da empresa e traseira cheia de cromados tira a exclusividade do desenho.

No pacote tecnológico, boas notícias: a alavanca de câmbio foi substituída por um seletor giratório (assim como nos carros da Jaguar/Land Rover) e todas as versões passam a contar com o Sync 3, que além de todas as funções já existentes, ainda pode espelhar o celular e utilizar o telefone para travar e destravar o carro, dar partida no motor e consultar informações do computador de bordo. O Fusion também passa a ser equipado com sistemas como assistente para evitar evasões de faixa e detector de pedestre.

Nos EUA, modelo ganha ainda nova versão, chamada de Sport (motor V6 Ecoboost de 2,7 litros, 328 cv e 48,4 kgfm de torque), com tração integral, suspensão a ar adaptativa e rodas aro 19.

"OnStar melhorado" 

O FordPass, uma espécie de "OnStar da Ford", promete que "será mais atual e moderno", segundo executivos locais da marca. Está previsto para surgir no Brasil junto com -- ou pouco após -- a chegada do Fusion. O sistema é atrelado ao Sync 3, sistema da marca que deixa de ser apenas multimídia e passa a responder como cérebro dos novos carros. 

Com ele, será possível não apenas dar assistência ao condutor, mas também interligar o carro com a residência do condutor, outros veículos e com a central da Ford. 

De acordo com a Ford, todos os carros que já possuírem Sync poderão receber a atualização para o FordPass, mas só os novos terão a interface Sync 3.

O retorno do EcoSport

Por fim, no Salão de São Paulo, entre outubro e novembro, a marca deve mostrar a primeira reestilização da segunda geração do EcoSport, lançada no Brasil em 2012. O objetivo será claro: fortalecer novamente o SUV para que este volte a brigar pela liderança e recordes do segmento, perdidos para Honda HR-V e Jeep Renegade.

EcoSport será a grande estrela da empresa no evento. Já o clássico Mustang, cogitado por diversas vezes no Brasil, ficará para sempre em "fase de homologação" enquanto o dólar beirar os R$ 4. Nos EUA, a Ford deve apresentar o primeiro facelift do muscle car já em 2017.

Viagem a convite da General Motors

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo