Carros

Volvo cria tela gigante em carro autônomo para motorista ver Netflix

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/01/2016 18h16

Uma das fabricantes mais avançadas na pesquisa de carros que andam sozinhos, a sueca Volvo afirma que o "motorista" de um modelo autônomo vai poder escolher entre se divertir dirigindo ou assistindo a um vídeo do Netflix em seus carros do futuro. A montadora recorreu à parceira Ericsson, empresa conterrânea de tecnologia e comunicação, para criar tecnologias de streaming mais inteligentes e funcionais para o modelo. Alguns protótipos serão mostrados na edição de 2016 da CES, feira de tecnologia que começa esta semana em Las Vegas (EUA) e que cada vez mais atrai gigantes automotivos. 

Maior novidade da vez é a tela gigante escamoteável no painel, que faz parte do Conceito 26 e toma todo o espaço não ocupado pelo volante e painel de instrumentos. A montadora acredita que muitos motoristas vão querer relaxar assistindo a filmes e série do Netflix -- ou desfrutando de outras informações em vídeo -- quando o trajeto estiver tedioso ou congestionado, por exemplo. Segundo a marca conteúdo em vídeo vai responder por até 70% dos assuntos na internet em 2021, quando se espera que os modelos autônomos da Volvo -- e de rivais -- já estejam no mercado.

Reprodução
Volvo quer que motorista possa escolher entre dirigir ou se entreter com outra coisa Imagem: Reprodução

Sem espera

Para não correr o risco de "apagão" de conteúdo, com queda de conexão de internet do celular, Volvo e Ericsson pensam em dois cenários paralelos. O primeiro é básico para a alta quantidade de informação de dados exigida por carros autônomos: conexão 5G dedicada entre carros e vias, ou internet das coisas. Há necessidade de mapas de alta para que o carro saiba qual caminho seguir; informações de tráfego e tempo; localização de cada veículo. Além disso, há a necessidade de disponibilizar tofo conteúdo de streaming e redes sociais aos quais os passageiros quiserem ter acesso. 

No estudo desenvolvido pelo Conceito 26, o próprio computador de bordo do carro calcula quanto tempo de percurso irá percorrer, com base nas informações de distância e de tráfego em tempo real, e cria uma lista personalizada de mídias com cache suficiente para que os passageiros possam assistir sem pausas, nem "carregamentos".

"O carro vai saber o tempo da viagem e pode otimizar a rota e controle de condução", informa Anders Tylman, chefe da Volvo Monitoring & Concept Center.

Interior inovador

Além da tela gigante, o Conceito 26 da Volvo inova ao transformar a cabine comum do carro em sala de TV: quando o modo autônomo é acionado, os bancos dianteiros do painel, enquanto os encostos se reclinam para deixar os ocupantes em posição mais relaxada. Ao mesmo tempo, volantes e pedais se retraem. Este tipo de configuração, porém, ainda não foi aprovado por todos os países que fazem parte do mercado consumidor para este tipo de carro.

Nos Estados Unidos, por exemplo, Estados como o da Califórnia exigem que os modelos autônomos mantenham volantes e pedais fixos, algo que impediu, por exemplo, o Google de usar seus primeiros protótipos em testes reais. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo