Carros

Carro da Ford já pode estacionar por controle remoto; assista

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/12/2015 12h48Atualizada em 29/12/2015 20h10

Assistente de estacionamento já não é mais um item tão exclusivo das marcas de luxo. UOL Carros mostrou, em setembro, que no Brasil o item funciona de modo cada vez mais esperto e começa, aos poucos, a fazer parte da lista de modelos abaixo de R$ 100 mil.

Mas a tecnologia não ficará estagnada aí: em mais um passo para ter um veículo totalmente autônomo circulando em 2020, a Ford apresentou nesta semana, em seu Centro de Inovação na Alemanha, uma versão mais moderna de seu park assist, que permite colocar ou tirar o veículo de uma vaga apertada sem precisar estar dentro dele, usando um controle remoto -- no caso, a própria chave, que traz um visor de LCD. 

O vídeo mostra em ação o sistema conceitual em uma unidade "cobaia" do Kuga, SUV médio conhecido em outros mercados (como nos Estados Unidos) como Escape. Aproveitando os mesmos sensores ultrassônicos usados pelo assistente de estacionamento convencional (seis à frente e seis atrás), que conversa com o controle sem necessidade de fio, o condutor precisa apenas acionar o comando para que o carro entre ou saia da vaga.

Por enquanto, o dispositivo consegue movimentar o automóvel basicamente em linha reta (frente-ré), sendo capaz de efetuar correções leves de direção a fim de evitar colisões. Ele não vai, portanto, efetuar a baliza completa. Ainda.

Park assist convencional funciona assim:

Luxo remoto

Embora ainda restrita, a tecnologia não chega a ser uma novidade tão grande. Em 2013, a Audi apresentou solução semelhante para o A7, que aos poucos deve começar a ser incorporada à gama. A BMW já tornou o park assist remoto realidade na nova geração do sedã executivo Série 7, que chega ao Brasil em 2016. Além de estacionar sem ter ninguém a bordo, também por comandos feitos em uma chave especial, o três-volumes permite que o condutor inspecione todo o entorno da vaga, por meio de gráficos 3D controlados por gestos na central multimídia do automóvel.

A Volvo é mais uma que já desenvolve soluções para estacionamento sem o motorista na cabine. A fabricante sueca afirma ainda que este tipo de tecnologia chegará em breve aos modelos de rua, inclusive para os vendidos no Brasil.

A importância maior da demonstração da Ford é ver que uma marca generalista também se prepara de forma acelerada para incorporar mais um equipamento de condução autônoma aos seus produtos. Neste ano, a marca americana contratou um ex-engenheiro da Apple e recebeu, na última semana, autorização para testar unidades autônomas do Ford Fusion, que andam sem interferência do motorista, nas ruas do Estado da Califórnia (EUA). Segundo a marca, o mercado de veículos autônomos deve se estabelecer para valer na Europa e nos Estados Unidos em 2025.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo