Carros

EcoSport 1.6 automatizado tem boa receita para encarar rivais; assista

Do Auto+

26/10/2015 15h01

Líder soberano entre SUVs compactos no Brasil até o ano passado, o Ford EcoSport foi atropelado pela leva de novos rivais que surgiram em 2015. Hoje, enquanto Honda HR-V e Jeep Renegade, projetos totalmente novos, disputam o topo, o pioneiro do segmento enfrenta dificuldades até para encarar o velho Renault Duster, recentemente reestilizado.

Para responder à queda, a fabricante americana lançou em setembro a linha 2016 do EcoSport com uma interessante novidade: as versões equipadas com o motor 1.6 Sigma flex, de 126/131 cv (gasolina/etanol), passaram a contar com a opção do câmbio Powershift, automatizado de dupla embreagem já presente em outros modelos da marca, como Fiesta e Focus.

A versão mais barata a usar essa transmissão, a SE Direct, parte de R$ 68.690. Confira todos os preços e listas de equipamentos clicando aquiUOL Carros já testou a nova configuração e constatou: o Powershift deu novo fôlego ao limitado propulsor de 1,6 litro, e pode ser um fator decisivo para reanimar as vendas do utilitário.

Agora foi a vez dos parceiros do Auto+: no vídeo que abre esta matéria, Benê Gomes conta como a Ford encontrou no casamento entre motor 1.6 e transmissão automatizada uma receita interessante para voltar a encarar seus concorrentes de igual para igual. Dê o play e assista.

Dono de EcoSport testa novos SUVs

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo