Carros

Fiat enfim mostra Toro por inteira; caçamba aguenta até 1 tonelada

Divulgação
Esta é a primeira imagem oficial da picape mostrando todas as linhas frontais Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

15/10/2015 11h12

A Fiat resolveu intensificar a divulgação prévia da Toro, picape compacta-média que chega no início de 2016 para brigar com a Renault Duster Oroch em um segmento que só está começando a ser desbravado.

Depois de confirmar o nome e apresentar o primeiro teaser oficial, no fim do mês passado, a fabricante divulgou nesta quinta-feira (15) a primeira imagem oficial do utilitário mostrado por inteiro. O visual, embora agressivo em sua proposta de frente em dois níveis, com faróis e grade superior extremamente afilados, não chega a surpreender. Ele só confirma o que já havia aparecido em flagras do grupo Fiat Toro Club, que mostram o modelo dentro da linha de produção em Goiana (PE).

Entretanto, já é possível desvendar alguns detalhes: pela altura da suspensão e pela combinação de conjunto óptico em LEDs, filetes cromados na tomada de ar inferior e presença de luzes de neblina, a versão mostrada certamente é uma das mais caras, movida a diesel e com tração integral.

Maior que a Oroch

Junto com a imagem da frente, vista em perspectiva em diagonal, a Fiat soltou algumas informações complementares. Primeiro, confirmou que a caçamba aguentará levar até uma tonelada de bagagem, capacidade substancialmente maior que a da Duster Oroch (650 quilos). Isso porque a Toro terá versões a diesel, que, de acordo com a resolução 292 do Denatran, de 29 de agosto de 2008, só podem ser vendidas no Brasil caso o modelo em questão tenha capacidade de carga maior que 1.000 kg, conforme a Portaria 23, de 1994.

Além disso, ela será 21 cm maior em comprimento do que a rival (4,92 metros contra 4,7 m), confirmando as previsões de que estará em um patamar um pouco acima em relação a porte e preços (estes começarão na faixa entre R$ 65 mil e R$ 70 mil). A Duster Oroch, é bom lembrar, vai de R$ 62.290 a R$ 72.490.

Outras informações sobre o pacote já são conhecidas: o modelo, para a Fiat, inaugurará um segmento batizado de "SUP" (picape utilitária-esportiva, na sigla em inglês); a base será a mesma do Jeep Renegade, monobloco, incluindo motorização 1.8 E-torq flex (132 cv com etanol; transmissão manual ou automática de seis marchas; tração dianteira) e 2.0 turbodiesel (170 cv; câmbio automático de nove velocidades; tração 4x4).

As suspensões serão do tipo independente. Além disso, a porta da caçamba usará um inovador sistema de abertura bipartida em seis modos

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo