Carros

Kia Rio chega durante Olimpíadas para brigar com HB20 e Fiesta

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/09/2015 20h36Atualizada em 30/09/2015 21h28

Adeus, Cerato Hatch! Oi, Rio! Fontes ligadas à Kia Motors confirmaram a UOL Carros, nesta quarta-feira (30), que o compacto premium Kia Rio chegará ao Brasil a partir de junho de 2016, por importação. O Brasil terá as carrocerias hatch e sedã.

Preços ainda estão indefinidos, mas o modelo vai se beneficiar da abertura da fábrica da marca em Pesqueria (localidade próxima a Monterrey, no Estado de Nuevo Leon) para chegar ao Brasil sem a necessidade de pagar sobretaxa de 35% e dentro de acordo de cotas e de benefícios do Inovar-Auto. Com isso, o modelo terá valores competitivos para encarar carros na faixa de R$ 45 mil a R$ 65 mil.

Erguida com investimento de US$ 1 bilhão, a unidade de Pesqueria começa a produzir modelos em dezembro deste ano. O primeiro carro a ser feito será o Cerato (chamado de Forte no mercado norte-americano), nas carrocerias hatch e sedã -- o três-volumes, aliás, também virá ao Brasil em substituição ao carro que agora chega importado da Coreia do Sul, logo no começo de 2016. Como dito acima, não há mais planos para a chegada do Cerato hatch.

Em seguida, a unidade mexicana começa a produzir o Rio, a partir de abril. O cronograma terá de ser preciso: o lançamento do carro no Brasil será feito em junho, para que as lojas recebam as unidades entre junho e agosto, usando o mote dos Jogos Olímpicos... do Rio.

O que ele tem

Com hatch apresentado no Salão de Paris de 2014 e sedã revelado em Chicago, em abril, o modelo 2016 do compacto Rio tem visual alinhado aos novos Soul e Optima, com conjunto óptico evocando olhos felinos e grade frontal integrada. A traseira é menos arrojada, tanto no hatch, quanto no sedã.

Este último, aliás, é claramente um modelo mais tradicional, com acabamento menos vistoso e que terá opção apenas de câmbio manual de seis marchas, no mercado norte-americano. Por lá, câmbio automático, também de seis marchas, apenas no hatch, que é mais arrojado e voltado a jovens clientes.

Para o Brasil, está confirmado o uso das duas caixas, mas não se sabe ainda se a mesma separação por carroceria será mantida. Enquanto o carro vendido no México usará o motor 1.6 a gasolina de 138 cavalos, o modelo importado pelo Brasil será equipado com o 1.6 flex usado no HB20, com 128 cv e 16,5 kgfm de torque (com etanol).

Em equipamentos, o Rio 2016 chega a sobrar em relação à versão de topo do HB20, se equiparando a rivais como Ford New Fiesta e Citroën C3 -- todos custam mais de R$ 45 mil em versões iniciais, quase encostando nos R$ 70 mil com variantes mais completas. No exterior, estão definidos como itens de série: direção elétrica, freio a disco nas quatro rodas, controles de estabilidade e de assistência em rampas, chave inteligente e câmera de ré.

Sistema de entretenimento integrado a smartphones, partida por botão, trocas de marcha por borboletas no volante, revestimento de couro e sistema Eco (para economia de combustível) são opcionais. Resta saber se este mesmo pacote será confirmado para os carros que chegarão ao Brasil.

Como fica o portfólio

Com a chegada do Rio, a Kia confirma sua onda bem agitada de lançamentos para 2016, após dois anos de marola. Além de Cerato e Rio mexicanos, a fabricante terá ainda a nova geração do Sportage (SUV compacto) e o renovado Optima (sedã executivo). Antes de tudo isso, a marca ainda apresenta, esta semana, os novos Sorento (SUV médio) e Carnival (minivan).

Veja como fica a linha de carros de passeio da empresa sul-coreana:

- Kia Picanto: subcompacto, coreano, com preços entre R$ 39.900 e R$ 46.900.

- Kia Rio: hatch e sedã compactos premium, mexicanos, com possíveis preços entre R$ 45 mil e R$ 65 mil.

- Kia Cerato: sedã médio, mexicano, mas mantém preço na faixa dos R$ 75 mil.

- Kia Soul: hatch altinho premium, coreano, com preços acima de R$ 88.900.

- Kia Sportage: nova geração do SUV compacto, coreano, deve partir de pouco mais que os R$ 104.900 atuais.

- Kia Optima: sedã executivo renovado, coreano, deve ficar acima dos R$ 106.900 atuais.

- Kia Sorento: SUV médio renovado, coreano, deve mudar a faixa inicial de R$ 109.900 atuais.

- Kia Cadenza: sedã grande, coreano, na faixa dos R$ 154.900.

- Kia Carnival: minivan, coreana, vem renovada e na faixa dos R$ 170 mil.

- Kia Mohave: SUV grande, coreano, pode estar no fim de ciclo, atuais R$ 219.900.

- Kia Quoris: sedã grande de luxo, coreano, R$ 269.900.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo