Carros

Ford já testa novo Edge, mas dólar empurra lançamento para 2016

Murilo Gurgel/UOL
Apesar da camuflagem, desenho do difusor, dos dois escapes arredondados, silhueta das lanternas, do spoiler e terceira luz de freio com 12 pontos denunciam se tratar da segunda geração do Edge; ela usa plataforma CD4, a mesma do Fusion Imagem: Murilo Gurgel/UOL

Leonardo Felix

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/09/2015 17h21

Com produção iniciada no fim de fevereiro, na fábrica canadense de Oakville, a segunda geração do Ford Edge aos poucos começa a ganhar o mundo. O SUV grande já é vendido na América do Norte e, até o fim deste ano, chegará também ao mercado europeu (a estreia oficial será no Salão de Frankfurt).

O plano original era que o Brasil entrasse na rota do utilitário-esportivo (que será exportado a mais de 100 países) ainda em 2015. Tanto que uma unidade do modelo já roda pelo país em testes de homologação e de ajustes mecânicos para deixá-lo mais palatável à realidade de nossas vias.

Murilo Gurgel/UOL
Desenho das rodas de 19 polegadas é a da versão de topo Titanium, que nos EUA pode usar motor 2.0 turbo ou 3.5 V6 aspirado; acima dela está só a esportiva Sport, equipada com o novíssimo EcoBoost biturbo de 2,7 litros e 313 cv Imagem: Murilo Gurgel/UOL
Numa dessas saídas, ainda bastante camuflado nas partes dianteira e traseira, o novo Edge foi fotografado pelo leitor de UOL Carros Murilo Gurgel. O flagra aconteceu na cidade de Sorocaba (SP).

Entretanto, devido à recente disparada do dólar (a moeda americana começa a se aproximar dos R$ 4), UOL Carros pode afirmar que, salvo mudança drástica no cenário, a divisão brasileira vai segurar o lançamento para 2016. O plano agora é dosar as vendas das unidades que restam da linha antiga até que a moeda americana estabilize, para só então preparar o início das vendas da segunda geração, já no primeiro semestre do ano que vem.

Até lá, a Ford vai definir que motorização trará ao Brasil. As opções são: V6 aspirado de 3,5 litros, já usado atualmente, porém recalibrado para entregar de 289 cv; EcoBoost 2.0 turbo com duplo rotor, de 245 cv; e EcoBoost 2.7 biturbo, capaz de entregar 313 cv. Caso o dólar siga em alta, é provável que a marca aposte apenas em versões mais caras. A transmissão será sempre automática de seis velocidades.

Procurada, a assessoria da Ford respondeu que não iria comentar as informações apuradas.

Novo visual, alta tecnologia

Apesar da camuflagem, o visual do Edge 2016 já não é mais segredo: a frente segue o novo padrão da fabricante, com grade hexagonal e faróis de LED afilados. Alguns traços lembram de longe o irmão de plataforma Fusion, mas há também inspiração em concorrentes coreanos, como o filete horizontal que liga as duas lanternas. Veja os detalhes no álbum abaixo:

Além da nova família de motores turbocomprimidos, a segunda geração do Edge conta com muitos aparatos tecnológicos, quase todos monitorados por um sofisticado sistema de câmeras e sensores: controle de ruído externo (que promete elevar o patamar de isolamento acústico), controle de cruzeiro adaptativo (com assistências de aceleração e frenagem), sensor de ponto cego, alerta de troca involuntária de faixa e até um moderno assistente de estacionamento que permite manobrar o Suvão remotamente, usando um controle.

Na era da conectividade, o modelo conta também com a mais moderna versão do sistema multimídia Sync, com tela de oito polegadas. Nos Estados Unidos, a nova geração do Edge está disponível a partir de US$ 28.100 (cerca de R$ 105 mil). Por aqui, a antiga é vendida entre R$ 139.000 e R$ 171.000.

Envie seu flagra

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie para UOL Carros, com seu nome completo, RG e/ou CPF, telefone, cidade e local do flagra. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

O envio pode ser feito pelo WhatsApp, pelo número +55 11 9-9955-8532, ou pelo e-mail uolcarros@uol.com.br.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo