Topo

Carros

Nissan quer fazer do Kicks o "carro das Olimpíadas do Rio"

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em Buenos Aires (Argentina)

22/06/2015 08h00

Oficialmente, a Nissan insiste em dizer que o Kicks, conceito de SUV compacto mostrado no Salão de São Paulo 2014, segue em "fase de estudos". Já não é segredo, entretanto, que o protótipo deve mesmo virar realidade no fim deste ano, para ser produzido, em 2016, no Brasil  -- fábrica de Resende (RJ) -- e no México.

UOL Carros até apurou recentemente que a estratégia da marca é deixar o suvinho com versões de entrada na faixa de R$ 60 mil, abaixo de concorrentes como Ford EcoSport e Honda HR-V.

Uma unidade do conceito estava exposta no Salão de Buenos Aires 2015, ainda com as mesmas configurações daquela mostrado no Anhembi. O objetivo é avaliar a reação do consumidor argentino, para definir uma possível exportação futura do Kicks feito em Resende ao país vizinho.

Sonho olímpico

Em conversa com jornalistas brasileiros durante a mostra, o presidente da Nissan América Latina, José Luis Valls, reiterou que a produção do pequeno utilitário-esporte não está confirmada. Porém, deu mais uma pista sobre seu cronograma: a meta é tê-lo como grande lançamento para a época dos Jogos Olimpícos de 2016, no Rio, evento do qual a fabricante é patrocinadora.

"Fazer do Kicks o carro das Olimpíadas seria o cenário ideal, com certeza. Para isso, precisamos correr contra o tempo. O prazo está apertado. Temos que definir logo se ele virará um modelo de produção e, então, deixá-lo pronto até lá", declarou.

"Investimos muito nas Olimpíadas e seria importante usá-las como plataforma para um lançamento, sem dúvidas", acrescentou.

Enquanto não transforma o Kicks em um carro de rua, a Nissan esquenta a cadeira com três importados, que chegam no primeiro semestre de 2016: os crossovers Juke e Qashqai, e a nova geração do SUV X-Trail. Este último também estava exposto em Buenos Aires, já que substituirá a geração antiga na Argentina em breve.

Mais Carros