Carros

Ford da América do Sul confirma Mustang... na Argentina e no Chile

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em Buenos Aires (Argentina)

21/06/2015 08h00

Representantes da Ford na América do Sul continuam reticentes em dizer que a nova geração do Mustang, apresentada no ano passado, virá ao Brasil. UOL Carros precisou ir até os Estados Unidos, onde ocorreu o lançamento, para ter a informação de que nosso país está, sim, na rota do muscle.

Assim como em 2014 no Anhembi, algumas unidades do modelo também estão expostas no Salão de Buenos Aires 2015. Só que, diferentemente do que ocorreu em São Paulo, diretores da divisão argentina não hesitaram em confirmar que a versão V8 5.0 será importada oficialmente ao país em algum momento de 2016.

Depois de conversar com executivos da marca, nossa reportagem poderia apostar que a chegada deve ocorrer ainda no primeiro semestre. Na segunda metade do ano, será a vez do Chile.

E o Brasil?

Fontes da Ford ouvidas por UOL Carros continuam a dizer que não há, ainda, definição sobre o Mustang para o mercado brasileiro. Segundo elas, o principal entrave está na adaptação do propulsor à gasolina utilizada no país, "temperada" com 27% de etanol.

"Precisaríamos fazer testes e providenciar a homologação, e esse processo sequer começou", enfatizou uma delas. Há ainda a questão do dólar, que, acima de R$ 3, dificilmente permitiria a venda nas lojas por preço muito abaixo de R$ 250 mil.

Que a Ford tem planos de trazer o Mustang de forma oficial, não há dúvidas, mas o anúncio do Salão de Buenos Aires não deixou de ser um pequeno balde de água fria.

O único motivo para contentamento é saber que, se vier mesmo, o muscle deve manter coerência em relação aos países vizinhos e chegar em sua configuração mais poderosa: a GT, equipada com motor V8 de 5 litros, que rende 441 cv de potência e 55 kgfm de torque, e câmbio manual. UOL Carros já andou com ele e constatou: é a única versão que mantém o espírito de "estradeiro americano".

Pena que o anúncio oficial não esteja assim tão próximo. Quem quiser rodar com um Mustang de nova geração no Brasil, por enquanto, vai ter que continuar a trazê-lo por conta própria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo