Carros

Sem Neymar, GM usa Dunga como garoto-propaganda junto à Seleção

Yasuyoshi Chiba/AFP
Sem contar com Neymar, montadora usará técnico para divulgar carros Imagem: Yasuyoshi Chiba/AFP

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/06/2015 16h25

A General Motors e sua marca local Chevrolet, que substituem a Volkswagen como patrocinadora oficial da CBF e da Seleção Brasileira de Futebol, escalaram Dunga, conhecido pela mídia por ser rabugento e mal-humorado com os jornalistas, como garoto-propaganda oficial.

O técnico já poderá ser visto em imagens e campanhas publicitárias nos próximos dias e se juntará ao time formado pelo apresentador Rodrigo Faro e pela atriz Cléo Pires, entre outros. A GM não informou se Dunga irá falar sobre um carro específico -- no caso, o Chevrolet Onix Seleção, série limitada do hatch apresentada há pouco mais de duas semanas. Também não foram informados valores da parceria.

Antes da GM, a rival Volkswagen era a patrocinadora da equipe de futebol junto à CBF e soube explorar a imagem de craques da equipe, como Neymar e Lucas. Além de ajudar a promover o hatch Gol no Brasil, o atacante da Seleção e do Barcelona ainda manteve o patrocínio independente da marca alemã na Europa, com direito a circular com modelos da Volks e também da Audi. Esse é um "luxo" que a Chevrolet não terá por ora.  

 

Como parte da parceria com a CBF, a GM também usa sua imagem no Campeonato Brasileiro. A montadora já figura como patrocinadora master até mesmo na página da entidade, ao lado de empresas como Nike (materiais esportivos), Itau (banco), Vivo (operadora de telefonia), Antárctica e Sadia (alimentícias). Do ramo automotivo, a confederação ainda mantém um acordo menor com a fabricante de pneus Michelin. 

Com isso, a marca deixa de apoiar os campeonatos estaduais como vinha fazendo nos últimos anos. "Neste ano houve um patrocínio pontual no Paulista, mas nosso intuito é apoiar o futebol em si, o esporte, um dos pilares do nosso país", conta Nelson Silveira, diretor de comunicação da GM para o Brasil.

Murilo Góes/UOL
Logo da Chevrolet é visto no estádio Allianz Parque antes do amistoso Brasil e México Imagem: Murilo Góes/UOL

Global

Quem estiver no estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP), na tarde deste domingo, ou acompanhar o jogo amistoso entre Brasil e México pela televisão, poderá observar faixas, cartazes, murais e toldos com a gravatinha dourada da Chevrolet sublinhada pelos dizeres Brasil Global Tour (com o "S" de Brasil estilizado para se parecer com um "Z" da versão inglesa para o nome do país).

Apesar de suspeitas que tendem a surgir num momento em que contratos entre entidades que mantém o futebol -- caso de CBF e também da Fifa -- a GM corre para se justificar ao afirmar que também tem outros patrocínios espalhados pelo mundo.

Com a marca Chevrolet, a GM patrocina não só a CBF, mas também a seleção da Colômbia e as seleções feminina e masculina de futebol dos Estados Unidos, além da seleção brasileira de futebol de areia. Na Europa, a marca também mantém um acordo com a equipe inglesa do Manchester United. Além disso, as marcas Opel e Vauxhall possuem patrocínios fechados com times da Alemanha e do Reino Unido, respectivamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo