Carros

BMW Série 3 faz 40 anos e ganha de presente... o motor do Mini

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/05/2015 12h50

Maio de 2015 é o mês em que a BMW comemora 40 anos da família Série 3. Para celebrar o aniversário, o modelo -- vendido e produzido no Brasil, na fábrica de Araquari (SC), apenas na configuração sedã --, ganhou nova opção de motor e teve o pacote de equipamentos renovados na Europa.

A grande novidade está sob o capô: a versão de entrada, 316i, passará a ser equipada com o mesmo propulsor 1.5 3-cilindros turbo usado no Série 1, Série 2 e em modelos da subsidiária Mini. Ele é capaz de render 136 cv de potência 22,4 kgfm de torque.

Divulgação
Faróis full-LED deixam o Série 3 atualizado em relação à concorrência, mas ainda não são item de série Imagem: Divulgação
As demais continuam a usar o 2.0 4-cilindros -- de 184 cv na versão 320i e de 252 cv na 330i (sigla que retorna à gama, no lugar da 328i) --, e o 3.0 6-cilindros de 326 cv na inédita versão 340i (substituta da 335i). Segundo a BMW, houve recalibração na gama para entregar melhor consumo de combustível e eficiência energética.

Há três versões movidas a diesel (316d, 318d e 320d), todas munidas com motor 2-litros, e uma híbrida plug-in (recarregável na tomada), capaz de entregar 252 cv e 42,8 kgfm, e de andar até 35 quilômetros usando apenas energia elétrica.

O câmbio é automático de oito velocidades ou manual de seis marchas, e há opções de tração integral nas versões mais caras (o Série 3 original oferece tração traseira). 

Na parte tecnológica, o modelo ganhou projetor gráfico no para-brisa (o chamado head-up display), assistente de estacionamento para vagas paralelas, piloto automático com sensor de distância para veículos que vão à frente (opcional), faróis inteiramente de LED (opcionais) e lanternas traseiras também em LED. Segundo a BMW, a central multimídia está com gráficos melhorados, e o sistema de navegação agora permite atualização automática dos mapas, via conexão com a internet do celular. 

Divulgação
Novo Série 3 europeu também oferece novos acabamentos com tons mais claros, costura disposta de forma quadriculada e mais elementos em preto piano Imagem: Divulgação
Em relação ao visual, as novidades são sutis: na dianteira, destaca-se a tomada de ar maior no para-choque; na traseira, as luzes das lanternas tiveram o desenho rearranjado, enquanto os refletores mudaram de formato e a base do para-choque passou a ostentar vincos e filetes mais sobressalentes.

Brasil aguarda

Em contato com UOL Carros, a assessoria da divisão brasileira da BMW informou que "não há previsão" para a chegada do novo Série 3 ao Brasil. Nossa reportagem apostaria, no entanto, que elas devem ficar para o fim de 2015 ou início de 2016, depois que a versão flex do motor 1.5 3-cilindros já estiver disponível no país, empurrando os também nacionalizados Série 1, X1 e Mini Countryman.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo