Carros

Esportivos, DS3 e Fiat 500 Abarth mostram dotes urbanos; assista

Eugênio Augusto Brito
André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

31/03/2015 08h00

É possível usar carros esportivos para rodar dentro da cidade sem colocar ocupantes e companheiros de trânsito em risco? Como o país recebe cada vez mais integrantes de uma nova safra de esportivos, UOL Carros decidiu tirar a prova com dois modelos mais compactos: Fiat 500 Abarth (de projeto italiano, mas que tem revisão americana e produção mexicana) e Citroën DS3 (importado da França). Deixe o preconceito de lado: apesar de pequenos, são fortes -- quando instigados.

500 gosta das pistas

O recém-chegado ao Brasil 500 Abarth é a versão envenenada do conhecido carrinho da Fiat preparada pela divisão de performance da marca, a Abarth. É um carro agressivo e ao mesmo tempo compacto, o que nos faz rever o conceito de esportividade: é realmente preciso ter um supercarro e um motorzão de "trocentos" cilindros para ser rápido? O Cinquecento usa o 1.4 Multiair Turbo, de 16V, 167 cv e 23,5 kgfm de torque, capaz de fazê-lo acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,9 segundos e chegar a 214 km/h de velocidade máxima.

No Brasil é difícil aproveitar toda sua capacidade devido às imperfeições de nosso asfalto. Mas para quem curte pegar estrada aos finais de semana, fazer "track days" e/ou acelerar em pistas fechadas, esse pequenino é uma ótima opção, principalmente porque ele oferece preço interessante, já vem tunado de fábrica e ainda possui garantia.

Contornar curvas vira brincadeira: o carro é firme como superesportivos, tem direção pesada, no ponto, câmbio com ótimos engantes (e uma caixa que aguenta o "tranco") e bancos com excelentes apoios laterais. E o melhor: é bastante equilibrado e não escapa nem de frente nem de traseira, permitindo uma pilotagem bem agradável.

Fiat 500 Abarth

  • Preço inicial: R$ 81.710.
  • Preço do carro testado: R$ 87.525 (com teto panorâmico e som Beats).
  • Motorização: 1.4 turbo a gasolina, 167 cv, 23 kgfm e câmbio manual de cinco marchas.
  • Aceleração: 0-100 km/h em 7,7 s (modo Normal) ou 6,9 s (Sport).
  • Velocidade máxima: 213 km/h.
  • Peso: 1.164kg.
  • Comprimento e entre-eixos: 3,66 m; 2,30 m.
  • Relação peso/potência: 6,97 kg/cv.

DS3 é feito para desfilar

Mesmo disponível no Brasil desde 2012, o DS3 é um modelo raro, difícil de ser visto nas ruas locais. Parte da "culpa" vem do preconceito do público para com modelos esportivos, parte é questão da própria PSA e suas marcas (Citroën e Peugeot), que ainda não se livraram do estigma de tratar mal seus clientes no pós-venda -- receio que acaba potencializado no caso de carros especiais.

Há, claro, a questão do preço. Mas esportivos são mesmo caros. Carros diferentes, também. E o DS3 se encaixa nas duas categorias: de fora, é impossível se manter impassível ao visual do modelo, sobretudo quando os faróis LED Vision (presentes apenas na versão mais cara) estão instalados: as setas deslizam por dentro da lente, enquanto um trio de refletores e um canhão de xênon ampliam a visão do motorista. Cores berrantes e a possibilidade de contar com adesivos chamativos completam o pacote feito para chamar a atenção.

Dentro da cabine, misto de conforto (se os bancos com aquecimento forem revestidos de couro, opcional) e esportividade latente. A embreagem é dura e vai pegar motoristas pouco habituados no pulo. O câmbio é preciso como deve ser, assim como o volante, mesmo com assistência elétrica. Ambos e mais o acelerador podem ser dosados, porém, se o intuito for apenas passear tranquilamente por ruas e avenidas -- se precisar pisar, o DS3 será o primeiro a largar na fila com o semáforo aberto. Neste caso, a suspensão menos firme e a cabine um pouco mais espaçosa do DS3 será mais convidativa que o habitáculo minúsculo e sacolejante do 500 Abarth -- vale o mesmo para o porta-malas. Sem exagero, porém: saltos provocados por valetas e asfalto ruim ainda serão amplificados e uma dupla extra só caberá no banco traseiro se todos forem muito, muito amigos -- e se não sofrerem de claustrofobia.   

DS3

  • Preço inicial: R$ 82.490.
  • Preço do carro testado: R$ 95.770 (com faróis especiais, sensores, bancos de couro e som premium).
  • Motorização: 1.6 turbo a gasolina, 165 cv, 24,5 kgfm a 26,5 kgfm e câmbio manual de seis marchas.
  • Aceleração: 0-100 km/h em 7,3 s.
  • Velocidade máxima: 219 km/h.
  • Peso: 1.240 kg.
  • Comprimento e entre-eixos: 3,94 m; 2,45 m.
  • Relação peso/potência: 7,51 kg/cv.


 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo