Carros

Renault mira o mundo com Kadjar, SUV de sete lugares; Brasil espera Captur

André Deliberato

Do UOL, em Genebra (Suíça)

11/03/2015 08h00

A francesa Renault mostrou suas armas no Salão de Genebra 2015. O objetivo, claro, é dominar o mundo, a partir de mercados como China e Brasil. A novidade é o Kadjar, crossover que mistura elementos de SUV e minivan. Ele será o primeiro modelo da empresa a ser fabricado na China, mas calma: sua base é global -- a plataforma é a mesma do novo Nissan Qashqai (ambos os nomes, aliás, derivam do mesmo título de nobreza árabe, em diferentes dialetos), que também é vendido nos Estados Unidos como Rogue. Ou seja, será adequado a todo tipo de mercado.

Suas vendas na Europa começam até o final do primeiro semestre, mas o fato de ser igual em todo o mundo pode facilitar uma importação para o Brasil.

Mas isso ainda pode levar um tempo, a ponto da Renault desconversar. A marca aposta, por ora, na categoria de SUVs compactos -- representada no Brasil por modelos como Ford EcoSport, Chevrolet Tracker, Honda HR-V e Jeep Renegade. O primeiro passo será revitalizar o Duster, fabricado no Paraná, que mostrará seu novo estilo ainda este mês.

Além do Duster 2016, há ainda o plano de importação no Captur, menor até mesmo que o Duster, mas muito mais moderno e bem resolvido, e que já foi flagrado diversas vezes no Brasil. O estilo do Captur, aliás, inspirou o Kadjar: é como se fossem modelos próximos, o primeiro em tamanho P (o Captur, para quatro pessoas, cinco com aperto), o último em tamanho G (para sete ocupantes). O "manequim M" dessa história seria o do próprio Duster.

A grande questão para Captur (ou Kadjar) é mesmo o dólar instável, que também atrasa a vinda do Mégane R.S., mas a ideia é ter o mini-SUV no país neste ano.

Como é o Kadjar

Com visual elegante, o o Kadjar foi desenvolvido para clientes que buscam subir de categoria, saindo (dentro da linha Renault) do Mégane sedã ou do próprio Captur. O novo modelo tem 4,45 metros de comprimento, 1,84 m de largura e 1,60 m de altura, com 2,63 m de distância entre-eixos.
 
Na Europa, o carro terá duas opções de motor a diesel (1.5 de 110 cv e 1.6 de 130 cv, ambos com mais de 25 kgfm de torque) e uma opção a gasolina, um quatro-cilindros 1.2 com turbo, de 130 cavalos. O câmbio poderá ser manual ou automatizado de dupla embreagem, ambos com seus marchas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo