Carros

Honda HR-V sacrifica Fit, City e Civic para destronar o EcoSport

André Deliberato

Do UOL, em Brasília (DF)

11/03/2015 23h06Atualizada em 16/04/2015 23h07

São ousados os planos da Honda para seu SUV compacto HR-V, que está sendo oficialmente lançado nesta quarta-feira (11), em Brasília (DF). Com três anos de garantia e preços que partem de R$ 69.900, a marca planeja vender 50 mil unidades do modelo ainda neste ano (de 20 de março, dia em que o carro chega às lojas, ao último dia de dezembro). Feitas as contas, são cerca de 5,5 mil unidades emplacadas mensalmente, números bem maiores que os do grande rival Ford EcoSport (54.263 unidades em todo o ano de 2014, ou 4.522/mês, em média).

Este ritmo frenético de produção indica que a Honda quer fazer do HR-V seu produto mais vendido no país, superando até mesmo os números do Fit (53.684 em 2014, média de 4.470 por mês). Serão aproximadamente 43 mil unidades fabricadas em Sumaré e outras 7 mil importadas da Argentina. Isso afetará diretamente a fabricação dos outros três modelos produzidos pela marca no Brasil, Fit, City e Civic (principalmente os sedãs), até que a fábrica de Itirapina (no mesmo Estado) esteja pronta para reforçar a produção do HR-V e normalizar as linhas de Fit e City (o Civic será mantido apenas na planta de Sumaré).

Honda HR-V vai desbancar o Ford EcoSport?

Enquete encerrada

Total de 28632 votos
72,00%
19,00%
10,00%
Total de 28632 votos

"A ideia é vender 50 mil HR-V ainda neste ano. Queremos que este carro seja nosso modelo mais vendido no país. Ele tem perfil para abraçar clientes de todos os nossos modelos e de carros de outras categorias, de outras marcas, que têm preço parecido", revelou a UOL Carros Sergio Bessa, Diretor Comecial da Honda.

Embora não tenha pretensões de figurar entre as grandes montadoras do país, a Honda promete conquistar a coroa do segmento de SUVs compactos, criado do zero pelo EcoSport em 2002. Para isso, terá de desbancar não apenas o todo-poderoso modelo da Ford, mas também o Renault Duster renovado e o inédito Jeep Renegade -- ambos chegam ainda este mês ao mercado.

Parte da chave do sucesso pode estar nos preços, revelados na última semana:

  • HR-V LX - R$ 69.900 (R$ 75.400 com câmbio CVT)

Traz um pacote já relativamente completo, com os obrigatórios airbag duplo e freios com ABS (a disco nas quatro rodas); controle de tração e estabilidade; sistema de ancoragem Isofix para fixação de cadeirinhas de bebê nos bancos traseiros; alarme, vidros e travas elétricas; chave canivete multifuncional; aviso sonoro do cinto de segurança para motorista e passageiro; sistema "Brake Hold" (que mantém o carro parado em subidas e descidas por alguns segundos); ar-condicionado; painel com minicomputador de bordo multifunções; freio de estacionamento comandado por botão; banco do motorista com regulagem de altura; coluna de direção com ajuste de altura e profundidade; bancos traseiros reclináveis e bipartidos e sistema de rebatimento ULT (para trás); acabamento em couro no console central (inclusive no descansa-braços dianteiro e no apoio de braço das portas); sistema de som com rádio, CD, entrada USB, Bluetooth e quatro alto-falantes.

Traz apenas calotas sobre rodas de aço na configuração com transmissão manual, passando a rodas de liga leve aro 17 na LX CVT.

  • HR-V EX CVT - R$ 80.400

Intermediário, adiciona ao pacote da versão LX os seguintes equipamentos: câmera de ré; farol e lanterna de neblina; controle de cruzeiro (piloto automático); repetidores de setas nos retrovisores; rack de teto; volante com acabamento em couro; sistema de som com um pequeno visor de LCD de 5 polegadas no console central e comandos no volante; espelhos dos quebrassóis com iluminação; e porta-revista atrás do banco do passageiro.

  • HR-V EXL CVT- R$ 88.700

Topo de gama, possui todos os itens já citados e ainda ar-condicionado digital com tela tátil (como no City); display multimídia com tela colorida sensível ao toque de sete polegadas (e mais dois tweeters para o sistema de som); navegador GPS; entrada HDMI e duas USB; rebatimento elétrico dos retrovisores com função tilt-down no lado do passageiro (sistema que rebaixa o espelho para manobras); revestimento interno em couro; airbags laterais.


Completo de série

O único opcional são as pinturas metálicas e perolizadas (Prata Global metálico, Cinza Iridium metálico, Cinza Barium metálico, Marrom Júpiter metálico, Preto Cristal perolizado e Vermelho Mercúrio perolizado, a cor de lançamento), que custam R$ 1.200. A pintura sólida Branco Taffetá está inclusa no preço inicial.

Todas as versões estão equipadas com o motor 1.8 i-VTEC 16V FlexOne -- também utilizado pelo Civic, mas com recalibrações para se adequar ao câmbio CVT e fazer melhor uso da gasolina e do etanol. Assim, é mais potente com gasolina, porém mais forte ("torcudo") com etanol: gera 140 cv e 17,3 kgfm de torque com gasolina e 139 cv e 17,4 kgfm com etanol.

A transmissão pode ser manual de seis marchas apenas no LX. Nos demais, é automática CVT (relação continuamente variável). A tração é sempre 4x2 (dianteira), sem opção 4x4 (integral). Freio de estacionamento eletro-eletrônico e os controles de tração e estabilidade, em adição aos freios a disco nas quatro rodas com ABS (antitravamento) e EBD (distribuição da força de frenagem) também são de série.

Vai vender como?

A versão EXL com câmbio CVT, mais completa e cara, deve ser a mais negociada segundo a Honda, com 46% das vendas do modelo. Por outro lado, a LX manual, básica, deve corresponder a apenas 1%. LX com câmbio CVT deve ficar com 11% das entregas, enquanto a intermediária EX CVT terá 42%.

Cada uma dessas versões supera -- no papel -- as demandas do consumidor que atualmente vê EcoSport e Duster, principalmente, como opções para rechear a garagem. O HR-V EXL ultrapassa inclusive o Civic em termos de equipamento e conforto. E este é um ponto importante.

UOL Carros participará de test-drive com o HR-V nesta quinta-feira (12) e publica suas impressões sobre o modelo oportunamente. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo