Carros

Audi RS3 e Q7 chegam ao Brasil este ano; novo R8, só em 2016

André Deliberato

Do UOL, em Genebra (Suíça)

03/03/2015 16h42

Com pompa e muita expectativa por parte dos jornalistas, a Audi apresentou, nesta terça-feira (3), no Salão de Genebra 2015, a nova geração do superesportivo R8, que ficou reconhecido mundialmente após participações estrela de alguns filmes hollywoodianos, entre eles "Homem de Ferro" e "Eu, Robô".

Com motor V10 de até 610 cv, conforme já mostrado por UOL Carros, o novo R8 é o Audi mais forte e rápido já construído pela marca. Sua chegada ao mercado Europeu está prevista para o segundo semestre deste ano -- no Brasil, a estreia deve acontecer até o começo de 2016, já que o carro é importado e não precisa passar por muitos testes homologatórios para ser lançado.

RS3 VEM PRIMEIRO

Outra novidade de Genebra, a nova geração do RS3, versão mais invocada da família A3, também será vendida no Brasil. "As primeiras unidades começam a chegar no segundo semestre deste ano", confirmam executivos locais. O esportivo compacto chegará ao país para disputar mercado com os também alemães Mercedes A 45 AMG e BMW M 135i.

O novo RS3 é equipado com o motor 2.5 TFSI (o mesmo do TT RS e do RS Q3), capaz de render 367 cavalos e 47,4 kgfm de torque. Quem o comanda é a também ultrarrápida transmissão S-tronic, de sete marchas e dupla embreagem, que, aliada à tração integral quattro, já conhecida da Audi, pode fazê-lo acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 4,3 segundos. Sua velocidade máxima é de 250 km/h (configuração tradicional), chegando a 280 km/h com acréscimo de pacote mais esportivo. 

Em relação à já esportiva versão S3, o modelo recebe freios de melhor desempenho, suspensão mais esportiva e direção recalibrada, entre outros itens.

Quem completa o trio de estrelas no "pódio" da Audi em Genebra (curiosamente, três carros foram expostos sobre um pequeno palanque no espaço da marca no evento, enquanto os outros ficaram espalhados pelo estande) é a nova geração do SUV Q7, que apareceu pela primeira vez no Salão de Detroit, em janeiro último. 

Geoff Robins/AFP
Lançado em janeiro, jipão Q7 vem para concorrer com BMW X5 e Mercedes ML 350 Imagem: Geoff Robins/AFP
A versão escolhida para ser exibida ao público em Genebra foi a e-tron quattro, híbrida (configuração utiliza um motor elétrico aliado a um V6 3.0 turbodiesel), capaz de render 373 cv e impressionantes 71,4 kgfm de torque -- segundo a marca, com o tanque cheio, o SUV pode rodar até 1.570 quilômetros.

Embora menos econômicas e poderosas, as versões comuns do Q7, equipadas somente com o motor V6 3.0 a diesel e com câmbio automático de oito marchas, devem chegar ao Brasil até o final deste ano. A configuração e-tron quattro não deve vir, ao menos enquanto os incentivos do governo não forem adequados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo