Carros

Novo R8, com 610 cavalos, é o Audi mais rápido e potente da história

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/02/2015 16h08

A Audi revelou nesta quinta-feira (26) a segunda geração do superesportivo R8, que estreia oficialmente na semana que vem, durante o Salão de Genebra 2015.

Visualmente, o modelo recebe parachoques e faróis reformulados (ambos baseados no novo padrão de design da empresa, o que o faz parecer bastante com o novo TT, apesar de maior), faróis full LED, com projetor de laser para as funções do farol alto, e uma nova disposição de luzes na lanterna.

Por dentro, os mostradores do painel de instrumentos passam a ser digitais, o volante ganha um rearranjo na disposição dos botões e os controles do ar-condicionado mudam e passam a ter um jeitão minimalista, reforçando sua proposta esportiva. O sistema multimídia com GPS (mostrado pelo cluster) é de série.

Divulgação
Painel ganhou ares minimalistas, com tela multimídia dentro do quadro de instrumentos Imagem: Divulgação

Motor recalibrado

O motor V10 posicionado no eixo central do veículo, que antes oferecia 525 cavalos, agora pode render 540 ou 610 cv -- na configuração mais forte, ele faz com que o modelo acelere de 0 a 100 km/h em apenas 3,2 segundos, podendo chegar a 330 km/h de velocidade máxima (no R8 atual, a aceleração acontecia em 4,2 s e a velocidade final não passava de 325 km/h). 

Quem comanda o poderoso motor é a também poderosa transmissão S-tronic, de sete marchas e dupla embreagem, que ganhou ajustes especialmente para o novo modelo. A tração quattro, integral, também conta a favor da esportividade, já que se adapta às condições de aceleração e piso -- em casos extremos, 100% do torque podem ser direcionados aos eixos dianteiro ou traseiro.

Divulgação
Traseira ficou mais retilínea (repare nas saídas de escapamento, agora retangulares) Imagem: Divulgação

Chassis leve

O conceito de construção de baixo peso é baseado no chassi do novo R8, mais firme e dinâmico que o do carro anterior. O modelo topo de linha tem peso líquido (com combustível e todos os fluidos) de apenas 1.454 quilos (praticamente o mesmo que um sedã médio nacional) -- são cerca de 50 kg a menos que o carro atual, apesar da maior rigidez. A estrutura multimaterial Audi Space Frame (ASF), combinação de alumínio, plásticos reforçados e fibra de carbono, garante o baixo peso e boa distribuição de carga entre os dois eixos.

Toda esta aplicação de tecnologia deu resultado: a segunda geração do R8, em sua versão mais apimentada, é o modelo de produção em série mais potente e veloz feito pela Audi em toda sua história. Mais informações devem ser divulgadas pela Audi em Genebra, evento que abre as portas para o público entre os próximos dias 5 e 15 -- e que terá cobertura completa de UOL Carros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo