Segredos automotivos

Toyota nega sedã Vios no Brasil antes de 2017

Sakchai Lalit/AP - 26/03/2013
Toyota Vios no Salão de Bancoc 2013: por enquanto, um carro restrito à Ásia Imagem: Sakchai Lalit/AP - 26/03/2013

Claudio Luís de Souza

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/12/2014 16h37

A Toyota do Brasil negou nesta sexta-feira (5) que o sedã Vios esteja perto de ser vendido no Brasil. Uma unidade do modelo foi fotografada no Rodoanel Mário Covas (Grande São Paulo) por um leitor do site parceiro Carsale. Segundo um porta-voz da fabricante, trata-se de um "teste rotineiro", que vem acontecendo já há "algum tempo". Foi o primeiro flagrante do Vios no país.

UOL Carros apurou que não há chances de o sedã chegar ao Brasil antes de haver uma definição sobre a nova fase do Inovar-Auto -- a primeira se encerra no final de 2017. Portanto, o Vios está barrado para o biênio 2015-16, a não ser que os debates sobre a segunda fase do regime, que devem se travados entre montadoras e governo federal em meados do ano que vem, sinalizem um caminho viável para a Toyota arriscar um produto novo.

O flagra do Vios

  • Imagem: Carsale
    Carsale
    Imagem: Carsale

    Carro de teste era escoltado por dois Etios

    As fotos do Vios camuflados enviadas ao Carsale foram tiradas pelo leitor Patrick Galera no Rodoanel, em São Paulo. Segundo ele, dois Etios com placas verdes (veículos de teste) escoltavam o carro inédito.


O Vios atual, apresentado em 2013, é 100% destinado a mercados asiáticos como Tailândia, Filipinas e Malásia. Não é vendido no próprio Japão. Em outros países é conhecido como Yaris.

Se a Toyota decidir apostar nele para encarar o City, sedã compacto-médio da arquirrival Honda, terá de fabricá-lo localmente. O endereço seria a planta de Sorocaba (SP), hoje dedicada à produção da gama Etios. Como as plataformas são diferentes, um eventual Vios nacional teria de usar uma base de Etios esticada (15 cm maior) ou uma de Corolla encurtada (36 cm menor). Mas este último é fabricado em Indaiatuba (SP).

O "dilema" sobre fazer ou não o Vios encontra a Toyota num bom momento no Brasil, com crescimento de vendas em um mercado desaquecido -- em parte devido às vendas corporativas e governamentais (o SUV SW4 e a picape Hilux têm feito sucesso nas forças de segurança de vários Estados). Além disso, o Corolla continua passeando na briga com o Civic, seu grande rival no segmento dos sedãs médios (57.114 emplacamentos contra 48.771 neste ano).

Mas o "buraco" entre Etios Sedan e Corolla na gama da Toyota deixa uma avenida para o City -- cujos preços, de R$ 53.900 a R$ 69 mil, esbarram nos do Corolla -- percorrer com o pé embaixo: são 20.646 carros este ano. No ranking geral de montadoras no mercado brasileiro, a Toyota é a sétima e a Honda, a oitava, com menos de um ponto percentual de diferença.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Segredos automotivos

Topo