Carros

Cruze 2015 parte de R$ 70.400; GM queima estoque do 2014 antes da estreia

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em Montevidéu (Uruguai)

26/11/2014 13h29

A General Motors lança nesta quarta-feira (26) a reestilização do médio Chevrolet Cruze, que chega como modelo 2015 e já havia sido antecipada no Salão do Automóvel de São Paulo, no final de outubro. A linha parte de R$ 70.400 na configuração hatch (Sport6) e R$ 73.500 na carroceria sedã.

Ligeiramente mais caro, portanto, que o Cruze atual. "Não quisemos mudar tanto de patamar: vamos carregar as novidades tecnológicas", afirmou o diretor de marketing da Chevrolet, Samuel Russel.

Confira os preços de todas as versões:

+Cruze Sport6 LT 1 -- R$ 70.400
+Cruze Sport6 LT 2 -- R$ 77.100 
+Cruze Sport6 LTZ -- R$ 86.400

+Cruze Sedã LT 1 -- R$ 73.500
+Cruze Sedã LT 2 -- R$ 77.100
+Cruze Sedã LT 3 -- R$ 79.100
+Cruze Sedã LTZ -- R$ 87.300 

A marca, entretanto, não quer fazer alarde em relação a essa nova tabela. Pelo contrário: com estoque alto do modelo atual, prefere tentar liquidar o pátio antes da chegada do novo carro, em dezembro. Por isso, chegou a esconder os valores durante boa parte do evento de lançamento, ocorrido nesta terça (25) e quarta-feira (26), em Montevidéu (Uruguai). 

"O melhor negócio, neste momento, porém, é apostar no preço que se pode conseguir para o (Cruze) 2014", frisou Russel. 

Divulgação
Percebeu alguma mudança na traseira do Cruze? Ela está igual no sedã e no hatch Imagem: Divulgação
O QUE MUDOU
Diferentemente do ocorrido no lançamento, há cerca de três anos, agora ambas as carrocerias -- hatch e sedã -- chegam simultaneamente ao mercado com as modificações de meia-vida. Com a alta concorrência no segmento, é impossível esperar pela maturação de um ou outro.

Grosso modo, as mudanças visuais se concentram na dianteira, mais bicuda e que a GM diz emular o americano Impala, auge do requinte da marca -- no Brasil, a empresa se ressente da ausência de Malibu e Omega, fazendo do Cruze seu topo em termos de carro de passeio (excluindo o esportivo Camaro).

A antiga grade hexagonal bipartida, que lembrava um diamante, deu origem a duas novas peças (acima e abaixo da gravatinha dourada) com aletas horizontais, que conversam, mas são independentes; o para-choque ganhou recorte mais arrojado e ajuda a deixar o semblante do Cruze mais raivoso; luzes diurnas de LED sobrepostas aos farois de neblina atraem os olhos, bem como o excesso de molduras cromadas, que dão um peso não existente antes.

Curiosamente, o conjunto óptico não mudou, assim como a traseira segue praticamente inalterada. Na lateral, as rodas mantêm aro de 17 polegadas, forjadas em alumínio, mas com desenho renovado para cada uma das três versões.

Em termos de equipamento, houve um acerto fino no nível de refinamento, sem que grandes alterações de forma tenham sido feitas. Marcante no modelo anterior, a tecnologia invisível aos olhos foi ampliada agora: por exemplo, em versões de topo, é possível ligar o motor a distância, na chave, e ainda levantar os vidros ao travar as portas.

Novo revestimento que integra couro marrom sobre base preta chega como item de série da versão mais cara. O trem-de-força teve mudança apenas na programação da aceleração, para respostas mais rápidas. 
Divulgação
Versão de topo integra novo revestimento que inclui faixas em marrom Imagem: Divulgação
O motor 1.8 Ecotec, de 144 cv máximos, agora entrega o torque de 18,9 kgfm (sempre com etanol) de forma mais linear em médias rotações, ao passo em que o câmbio automático de seis marchas faz trocas até 0,5 segundo mais rápidas, com reduções 0,7 s mais eficientes. No caso do carro com câmbio manual de seis marchas, há agora um indicador do momento ideal de troca de marcha.

Câmera de ré, sensores de luz e chuva, e maior integração do sistema multimídia MyLink são opcionais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo