Carros

Geely GC2, o "Pandinha", vira estrela inesperada no Salão de São Paulo

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

03/11/2014 13h06

O simpático compacto GC2, da chinesa Geely, apelidado carinhosamente pela própria marca de "Pandinha" e que traz motor 1.0 de três cilindros e 68 cv por R$ 29,9 mil, atraiu muitos curiosos durante o primeiro fim de semana (1 e 2) do Salão do Automóvel de São Paulo.  Visitantes de diferentes idades rodeavam o hatch, entravam na cabine, checavam a qualidade do acabamento. Alguns, num primeiro momento, olhavam com desconfiança para o carrinho: "Um chinês montado no Uruguai?", questionava um. "Olha um novo xing-ling", ironizava outro.

Mas, no geral, as opiniões eram positivas em relação ao modelo oriental -- que, de fato, tem um desenho que lembra um urso panda (animal típico da China), dos faróis redondos às lanternas traseiras, que se parecem com pegadas do bicho.

"Achei um carro legal, com design diferente e bem equipado. Também gostei do acabamento. Pelo preço, parece que 'atende' bem", disse o empresário Messias do Carmo, 46 anos, que veio de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, para visitar o Salão. "Estou em busca de um carro nessa faixa de preço para minha filha de 21 anos", completou.

Aaron Cadena Ovalle/EFE
GC2 assume totalmente o mascote panda; difícil é usar essa roupa no Anhembi Imagem: Aaron Cadena Ovalle/EFE
A impressão positiva foi compartilhada pelos irmãos Patrick e Caco Santiago, 24 e 35 anos, que analisavam em detalhes o GC2 na companhia do pai, o aposentado Milton Santiago, 64. "O acabamento é muito melhor que o de outros modelos chineses, com bons encaixes, detalhes cromados e imitando fibra de carbono. O estilo também chama a atenção, com lanternas fumê", elogiou Patrick.

Enquanto o público entrava e saía do GC2 amarelo exposto no estande da Geely, marca que hoje é dona da divisão de automóveis da sueca Volvo, consultores de vendas abordavam potenciais compradores do carrinho, tentando cativá-los. "Ele é completo, tem rodas de liga leve de 14 polegadas e traz ABS e airbags [hoje, itens obrigatórios]", dizia um dos vendedores.
 

Alessandro Reis/UOL
Patrick e Caco Santiago, ao lado do pai, Milton: a família aprovou o modelo chinês Imagem: Alessandro Reis/UOL
Em 2015 a Geely lança o GX2, versão aventureira do GC2, com suspensão elevada e motor 1.5 a gasolina de 102 cv. O primeiro modelo lançado pela Geely no Brasil foi o sedã médio EC7, em janeiro; as vendas do GC2 começaram em agosto. A Geely é a marca chinesa mais recente a se instalar no Brasil, pelas mãos de José Luiz Gandini, chefão da Kia local. Seus carros são montados no Uruguai, país integrantes do Mercosul. Saiba mais sobre os planos da marca aqui.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo