Carros

Nissan entra na briga dos jipinhos com o Kicks e exibe o "monstro" GT-R

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/10/2014 16h17

O tão aguardado jipinho da Nissan, que começou a ser divulgado há duas semanas por meio de teasers, chama-se Kicks e deve finalmente originar um SUV compacto, possivelmente em 2016. Evolução do conceito Extrem, mostrado no Salão de 2012, ele será a arma da Nissan para encarar Ford EcoSport, Renault Duster e Chevrolet Tracker, após anos de especulação em cima de uma possível importação do Juke ou da fabricação nacional do Terrano, que usa a mesma plataforma do Duster.

O Kicks Concept, diferente destes dois últimos citados, será global e "pensado para o público de países emergentes", segundo Shiro Nakamura, vice-presidente mundial de criação da Nissan.

"Sim, ele é um SUV compacto, ainda em fase conceitual, mas idealizado para mercados como o Brasil", afirmou o executivo com exclusividade a UOL Carros. "O Juke é mais esportivo e não tem o perfil do cliente brasileiro, que prefere um modelo capaz de levar a família no banco de trás e mais a bagagem no porta-malas, e isso é exatamente o que o Kicks faz", completou.

O futuro jipinho da Nissan tem 4,30 metros de comprimento, 2,62 m de entre-eixos, 1,80 m de largura e 1,60 m de altura (incluindo as longarinas do teto).

André Deliberato/UOL
"Modelo foi idealizado para mercados como o Brasil", afirmou Shiro Nakamura, vice-presidente mundial de criação da Nissan, em conversa exclusiva com UOL Carros Imagem: André Deliberato/UOL
Questionado sobre uma possível produção do Kicks (que pode ganhar outro nome) na nova fábrica da empresa, em Resende (RJ), e sobre qual foi a plataforma escolhida para a construção do protótipo, Nakamura desconversou e preferiu dizer que ainda há muita coisa a ser definida. "Mas suas dimensões compactas permitem que a base utilizada seja uma já existente", entregou. Isso nos permite cravar que o Kicks será feito sobre a plataforma V, que atualmente gera March e Versa.

O nome Kicks, além de curto e lúdico, significa "chutes" em inglês, mas também tem o sentido de "emoções". Dados técnicos, como motor e câmbio ainda são mantidos em sigilo, já que não foram definidos.

André Deliberato/UOL
François Dossa, presidente da Nissan do Brasil, mostra a cara do Versa nacional Imagem: André Deliberato/UOL
NOVO VERSA CHEGA EM 2015
Além do suvinho, a Nissan estreia no Salão o New Versa, novo nome para o sedã compacto da empresa, revelado mundialmente no Salão de Nova York, em abril último. Aguardada para chegar ao mercado no final deste ano, a versão nacional do carro (que atualmente segue sendo importado do México) sofreu atrasos por conta da variação do dólar e da instabilidade do mercado, e acabou ficando para o início do ano que vem.

As maiores mudanças concentram-se no design frontal, mais bojudo (mas menos limpo) que o do modelo anterior, alinhando-o à identidade visual adotada pelos sedãs da marca, como o Sentra e o Altima; nos novos parachoques traseiros; e no interior mais moderno, com novos equipamentos tecnológicos e conectados, assim como o March.

Motor e câmbio, a princípio, continuarão os mesmos: 1.6 16V flex, de 111 cv e 15,1 kgfm de torque (com etanol ou gasolina) e câmbio manual de cinco marchas.

Ivan Ribeiro/Folhapress
March Rio 2016 Edition depende da aceitação do público para virar carro em série Imagem: Ivan Ribeiro/Folhapress
MARCH RIO 2016 EDITION
Outro destaque da empresa no evento é a versão especial Rio 2016 Edition do New March, criada para celebrar justamente a parceria entre a montadora e os Jogos Olímpicos, que acontecerão no Rio de Janeiro daqui dois anos. 

Cheio de adereços estéticos externos, o compacto chama atenção pela mescla de cores branca e laranja, saias laterais, rodas esportivas e pelo aerofólio. O interior é da mesma cor da carroceria. O logotipo do evento aparece nos paralamas e na tampa do porta-malas. "Quisemos ligar vários elementos com a cor laranja, como o calor e o sol, por exemplo. Queremos trazer cores mais vibrantes para o mercado, que ainda tem forte influência do preto e do prata", afirma Robert Bauer, responsável pelo Nissan Design America Rio. 

O motor é o mesmo 1.6 de 111 cv/15,1 kgfm das versões mais caras da linha March, assim como o câmbio manual. A marca trata o March Rio como "estudo" e diz que o carro pode chegar às ruas dependendo, exclusivamente, da aceitação do público no evento pauistano.

André Deliberato/UOL
GT-R é um dos carros mais fotografados e visitados do estande da Nissan Imagem: André Deliberato/UOL
GODZILLA
Chamado de "monstro" por fãs mais viciados e de "Godzilla" pelos mais íntimos (em referência, claro, à criatura de ficção japonesa), o GT-R é o "rei" do espaço da Nissan: está posicionado no topo do estande da marca, cercado por seguranças, mas aberto ao público.

Com leves retoques visuais na linha 2015 (inclusão de LEDs diurnos, frontais e traseiros, itens que se tornaram obrigatórios na Europa), o GT-R deve continuar sendo visto como sonho distante pelos brasileiros, já que importá-lo atualmente para venda em série é ideia que passa longe das cabeças dos executivos japoneses. "O foco, por enquanto, é fortificar nossa marca como nacional, investindo inicialmente apenas em modelos de produção em massa. Esse tipo de sonho fica para depois", afirmou a UOL Carros uma fonte ligada à Nissan.

O motor do superesportivo é um V6, de 3,8 litros, biturbo, que desenvolve 545 cv e 64 kgfm de torque, produzido artesanalmente na fábrica de Yokohama (Japão). O câmbio de dupla embreagem e seis marchas, montado na traseira com borboletas de magnésio para trocas manuais, contribui ainda mais com o desempenho, tanto que um de seus maiores feitos foi realizado em 2013, quando quebrou todos os recordes e tornou-se o esportivo de produção em série a ostentar a volta mais rápida do clássico circuito de Nürburgring, feita em 7:08 minutos (a marca afirma ainda ser a detentora do título; o Porsche 918 Spyder não é produzido em série).
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo