Carros

Mitsubishi apresenta Lancer verde-amarelo e Outlander que liga na tomada

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

28/10/2014 14h42Atualizada em 28/10/2014 19h21

Marca famosa por seus modelos 4x4, vencedora de várias edições do Rali Dakar, a Mitsubishi tem como maior novidade neste Salão de São Paulo a ampliação da fabricação nacional da sua linha de modelos.

Depois de iniciar a produção dos SUVs Pajero Dakar e TR4, da picape L200 Triton e do crossover ASX na planta de Catalão (GO), a marca japonesa (que, no Brasil, opera com independência em relação à matriz) começa a vender já em novembro a versão nacional do sedã Lancer, devidamente “tropicalizada” para o nosso mercado e, segundo a empresa, com descontos de aproximadamente R$ 1 mil a R$ 1,5 mil sobre os valores do Lancer importado (de R$ 67.990 a R$ 98.990).

Murilo Góes/UOL
Outlander poderá rodar até 50 km apenas no modo elétrico; zerou, liga na tomada Imagem: Murilo Góes/UOL
De acordo com Robert Rittscher, presidente da Mitsubishi do Brasil, o Lancer tupiniquim teve ajustes nas suspensões e melhorias no isolamento acústico para ficar mais adequado às ruas e estradas brasileiras. Segundo o executivo, com a produção nacional a expectativa é ampliar as vendas do Lancer das atuais 400 unidades mensais, aproximadamente, para 600 por mês (um aumento de 50%).  Com o início recente da nova divisão de pintura no complexo de Catalão, a capacidade produtiva da Mitsubishi dobrou: saltou de 50 mil para 100 mil unidades por ano.

Ainda falando do Lancer, a montadora anunciou para o primeiro semestre de 2015 o retorno da configuração esportiva Evo X, agora com 340 cv de potência e preço em torno de R$ 220 mil. O carro virá ao Brasil para marcar seu fim da vida e dar um último adeus aos fãs, já que deixará de ser produzido globalmente no final do ano que vem e entrará para a história.
 
Também no primeiro semestre, a marca começa a vender por aqui a versão híbrida do Outlander, denominada PHEV, que será o primeiro crossover com tecnologia do tipo "plug-in" (que recarrega na tomada) à venda no Brasil. Ele possui três motores (dois elétricos e um a gasolina) e , de acordo com a Mitsubishi, tem autonomia de 50 km no modo elétrico no ciclo urbano.
Murilo Góes/UOL
Esportivo Lancer Evo X volta ao Brasil em 2015, a R$ 220 mil, para sua última despedida Imagem: Murilo Góes/UOL
As novidades da Mitsubishi incluem, ainda, uma reestilização do Pajero Full, único modelo da marca que hoje é importado, ao lado do Outlander, e a série especial O'Neill do TR4, com bancos de neoprene, central multimídia, tração 4x4 e bagageiro de teto acolchoado, tudo com inspiração na  marca de produtos de surfe.

Essa série será limitada a 600 unidades. A empresa também leva ao Anhembi o carro-conceito GC PHEV, com porte grande, propulsão híbrida e visual controverso, cheio de cromados. Ele aponta como serão os SUVs da Mitsubishi em um futuro não muito distante.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo