Carros

Novo Kia Soul vira carro "premium" e chega em setembro por R$ 89.900

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/08/2014 12h36Atualizada em 21/07/2015 18h18

Mesmo sem ter sido lançado oficialmente, o novo Kia Soul já tem preço confirmado: R$ 89.900 na versão EX, de entrada, e R$ 93.900 na configuração topo de gama (sem sobrenome), que ganha teto panorâmico e luzes internas em LED. A nova geração do "carro-design" começa a chegar às lojas no início de setembro.

Estes valores foram conseguidos em concessionárias de São Paulo (SP) e do Rio de Janeiro (RJ) nesta quinta-feira (21). Procurada por UOL Carros, a Kia afirmou que eles são um pouco menores: R$ 88.900 e R$ 92.900.

De qualquer forma, os preços assustam, principalmente se lembrarmos que em 2011, antes da imposição do Inovar-Auto (atual regime automotivo do governo), o modelo custava a partir de R$ 52.900.

POR QUE TÃO CARO?
A Kia ainda não abre o jogo (a marca afirma que a explicação oficial se dará somente durante o lançamento do carro, programado para o final deste mês), mas revelou a UOL Carros que o novo Soul "será posicionado no segmento dos carros premium e ganhará uma variedade de equipamentos" para justificar os novos valores.

Vale lembrar que a empresa coreana vendeu cerca de 80 mil carros em 2011 e que, desde a regulamentação do novo regime, sua cota de importação ficou limitada a 4.800 unidades/ano. A empresa não nega que foi necessária uma "equalização" nos preços de seus carros (ou seja, vender menos unidades a preços maiores), tanto que o Picanto, subcompacto de entrada que divide plataforma com o Hyundai HB20, custa atualmente a partir de R$ 42.900.

Neste novo conceito, o Soul, segundo fonte ligada a marca, chegará para disputar mercado com carros premium de imagem, como Mini Cooper e Audi A1, por exemplo.

Divulgação
Faróis e lanternas são em LED; carro está maior, mais largo e mais baixo Imagem: Divulgação
O QUE MUDA?
A plataforma do modelo é totalmente nova. Batizado de "New Kia Soul", ele muda em tamanho (2 centímetros mais comprido, 1,5 cm mais largo e 1 cm mais baixo) e levemente no design (que mantém o formato "caixote" da geração anterior), mas mantém o motor 1.6 de 128 cv e 16,5 kgfm de torque (com etanol) e a transmissão automática de seis marchas.

Há também algumas alterações nos revestimentos internos e nas suspensões, admitem alguns revendedores. Embora alguns lojistas afirmem que ainda não possuem os catálogos oficiais (com a lista de equipamentos do carro), foi possível descobrir que ar-condicionado digital, direção elétrica, "piloto automático" (controlador/limitador eletrônico de velocidade), rodas de liga leve aro 18 e uma tela tátil digital colorida estão inclusos. Freios ABS, faróis e lanternas em LED e oito airbags fazem parte do pacote de segurança.

O novo Soul ainda terá uma infinidade de combinações de cores (o teto pode ser de outra cor). As pré-reservas podem ser feitas mediante a um pagamento de 10% a 12% do valor total do veículo.

Murilo Góes/UOL
Kia Soul atual fez sucesso entre 2010 e 2011, mas travou a partir de 2012 Imagem: Murilo Góes/UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo