Carros

Distração ao volante causa acidentes de carro, e celular não é único vilão

Thinkstock
Ouvir música animadamente pode ser tão perigoso quanto usar o celular Imagem: Thinkstock

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/08/2014 19h50

Estudo conduzido pelo centro de tecnologia da Allianz, uma das maiores seguradoras do mundo (inclusive de automóveis), mostrou que cerca de 30% de todos os acidentes de carro acontecem devido à distração do motorista, e não ao que chamaríamos de "barbeiragem" (inabilidade ao volante) ou mesmo imprudência (excesso de velocidade, por exemplo).

A lista de coisas que podem desviar a atenção do motorista é grande, mas -- de acordo com a Allianz -- a maioria acredita que o único vilão é o telefone celular, e que a ação de maior risco é atender a uma ligação.

Mas atitudes corriqueiras, como manter conversas sérias com passageiros (por exemplo, uma "DR" com o companheiro/a) ou olhar frequentemente no espelho retrovisor para ver o que as crianças estão fazendo no banco de trás, aumentam o risco de acidente em 15%; maquiar-se ou ajustar o nó da gravata pode triplicá-lo. Até mesmo divagar a respeito de questões pessoais e/ou profissionais ao volante tira perigosamente o foco da via e do trânsito, diz a Allianz.

Divulgação
ATENÇÃO, ATENÇÃO: quadro mostra os principais fatores de distração ao volante, segundo pesquisa da Allianz. Também foram citados "ligar o navegador por GPS" (11) e "paisagens e prédios" (11); a lista inclui evento e o porcentual de citações como "frequentes" e "muito frequentes" por motoristas acidentados. Imagem: Divulgação
O resultado do estudo foi divulgado este ano pela seguradora, mas ele foi conduzido em 2011, na Alemanha (sede da empresa), na Suíça e na Áustria -- países em que há excelente infraestrutura viária e rigorosa legislação de trânsito. Mas, passados três anos, não há razões para otimismo; na verdade, a tendência é inversa.

"A situação que investigamos em 2011 está piorando. Atualmente, pesquisadores de acidentes estão preocupados com a multiplicidade de aparelhos de comunicação móvel e equipamentos de entretenimento que são usados no carro", diz Jorg Kubitzki, pesquisador de acidentes da Allianz e autor do estudo (disponível na web com o nome "Distraction at the Wheel").

Cinco dicas para dirigir com segurança

  • Reduza ao mínimo necessário o uso de equipamentos eletrônicos enquanto dirige

  • Mantenha sempre as duas mãos no volante

  • Sua cabeça deve estar 100% focada no ato de dirigir e no trânsito

  • Não deixe que horários a cumprir interfiram no seu modo de guiar

  • Permita que os sistemas de auxílio à condução cumpram seu papel (por exemplo, jamais desligue o controle de estabilidade)

Fonte: Allianz
Thinkstock
FAÇA A COISA CERTA: manter as duas mãos no volante e os dois olhos fixos no trânsito são recomendações básicas para evitar acidentes. Imagem: Thinkstock

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo