Carros

Farol a laser chega para "fazer a noite parecer dia"; conheça

Leonardo Felix

Colaboração para o UOL, em Le Mans (França)

29/06/2014 22h35Atualizada em 20/10/2015 19h28

Já passava das 21h quando a noite caiu na pequena cidade de Le Mans (França). Com a proximidade do solstício do verão, o sol demora a se por nesta época do ano na Europa e, por isso, a Audi teve de esperar até a última hora do dia para mostrar no ambiente ideal, o escuro, o motivo de ter levado um pequeno grupo de jornalistas à penúltima reta do circuito de Sarthe, que recebia naquele fim de semana as tradicionais 24 Horas de Le Mans.

De repente, três R8 azuis surgiram na paisagem e deram nova iluminação ao local. Todos irradiavam uma luz branca perceptível desde longe, que parecia muito mais forte do que qualquer lanterna comum. Ali, a fabricante alemã fazia o lançamento oficial do R8 LMX, série especial do superesportivo que vem a ser o primeiro carro de produção da história a contar com faróis a laser.

O impacto visual da apresentação não chegou a se refletir em uma surpresa tão grande com o projeto em si. Afinal, BMW (com o híbrido i8), Land Rover (com o Discovery Vision Concept) e a própria Audi já haviam apresentado conceitos com esse tipo de tecnologia há não muito tempo. De qualquer forma, ficou claro que o laser chega para criar novos parâmetros de iluminação dos automóveis.

"É como dirigir de dia", cravou o diretor de desenvolvimento técnico da marca das quatro argolas, Ulrich Hackenberg, sem medo algum de soar exagerado.

Divulgação
Não espere ver um farol de laser em seu carro popular tão cedo. Diretores da Audi acreditam que a proposta, por enquanto, faz mais sentido só em esportivos. "A luz é forte demais e pode até atrapalhar no trânsito das grandes cidades", afirma Stephen Berlitz, chefão da parte de iluminação dos carros da marca. Imagem: Divulgação

Segundo a montadora, por emitir fachos de luz mais intensos e focados, o laser praticamente dobra o raio de alcance das atuais lâmpadas de LED -- estas cada vez mais populares no mercado --, sem proporcionar aquela dispersão lateral da luz típica dos demais faróis.

Para comprovar a eficiência do projeto, a Audi instalou os novos faróis nos protótipos R18 e-tron quattro 2014, que fizeram dobradinha na edição deste ano das 24 Horas de Le Mans. Um bom sinal, já que na pista os pilotos da marca elogiaram bastante o efeito proporcionado pelo sistema na pilotagem noturna.

PARCIMÔNIA
Sim, a luz de laser parece muito legal e indica o provável caminho a ser tomado na iluminação dos carros do futuro. Porém, antes que você saia empolgado dizendo que seu carro popular vai ter um desses daqui a alguns anos, é preciso ressaltar que as montadoras ainda estão cautelosas quando ao desenvolvimento do conceito.

A própria estratégia da Audi em relação ao R8 LMX indica isso: a série será limitada a apenas 99 unidades, todas vendidas na Europa a 210.000 euros (cerca de R$ 635.000). Não seria errado dizer, portanto, que se trata de uma espécie de "versão beta", com a qual a marca irá avaliar a aceitação junto aos compradores e só então tornar o item definitivo em outros modelos.

Newspress
Outras marcas também desenvolvem seus sistemas de faróis a laser. A BMW promete lançar uma versão do híbrido i8 com essa tecnologia ainda este ano, enquanto a Land Rover já deu indícios de que pretende aplicar o conceito à sua nova família Discovery, ao mostrar no Salão de Nova York um protótipo da futura linha, o Discovery Vision Concept (foto), equipado com luzes a laser. Imagem: Newspress
Em entrevista a UOL Carros, o diretor mundial da área de iluminação da fabricante, Stephen Berlitz, explicou o motivo de tamanho cuidado: "o raio é forte e muito bem direcionado. Justamente por isso atrapalha quem vem pela direção contrária. Assim, seu uso em condições urbanas ainda não faz muito sentido", disse.

Assim, para evitar problemas de uso indevido na cidade, o laser só será acionado de maneira automática, por um sensor que detectará as condições ideais de ativação. Os requisitos são: cenário de iluminação muito baixa, veículo acima de 60 km/h e nenhum outro automóvel passando por perto. Se rastrear qualquer mudança em alguma dessas situações, o próprio sistema desabilitará a função, tudo sem interferência do motorista.

Tendo em vista todas essas ressalvas, seria mais correto enxergar o laser não como um substituto do LED, mas sim como uma tecnologia complementar de iluminação, algo parecido com a que os faróis de milha ou neblina já exercem há alguns anos.

Filtro anti-cegueira

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Quem nunca ouviu falar que a luz do laser pode causar cegueira se apontada diretamente ao olho humano? Para evitar esse risco, a Audi acoplou uma espécie de "filtro" no conjunto óptico dianteiro do R8 LMX, que usa um conversor fluorescente para transformar quatro fachos de laser azuis em um só raio branco, inofensivo aos nossos olhos.

O CARRO
Existente só na configuração cupê, o R8 LMX lembra bastante o R8 Plus, que até então detinha o posto de versão mais forte do superesportivo. Detinha, porque a série limitada, embora compartilhe o mesmo motor V10 de 5,2 litros, é 19 cavalos mais potente, chegando a um total de 569 cv. O torque continua nos mesmos 55,1 kgfm de antes, assim como o câmbio automatizado S-Tronic, de dupla embreagem e sete velocidades.

Segundo dados oficiais, o R8 LMX é capaz de chegar à velocidade máxima de 320 km/h e ir de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, índices levemente superiores aos do Plus. Acabamento interior com detalhes em azul, rodas de 19 polegadas com desenho exclusivo, freios de carbono-cerâmica, lâminas laterais e aerofólio traseiro em fibra de carbono completam o pacote.

Além dos faróis a laser, o R8 LMX também contará com luz baixa, alta e diurna em LED.

Divulgação
Por dentro, o R8 LMX é enfeitado com adereços em azul, exclusivos da série Imagem: Divulgação
Viagem a convite da Audi

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo