Carros

Volkswagen lança Golf 7 mais básico nos EUA por R$ 40.600

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/06/2014 12h25Atualizada em 06/06/2014 16h16

O Golf 7 chega em julho próximo aos Estados Unidos, produzido na fábrica de Puebla, no México, para ser mais uma opção de compacto de entrada no mercado local -- e não um hatch médio premium como no Brasil (onde chega importado da Alemanha). Por lá o preço do carro começará em US$ 17,995 (cerca de R$ 40.600 em conversão direta para o real, sem impostos ou taxas de importação) na versão S (de duas portas, com câmbio manual e motor 1.8 turbo) durante promoção de lançamento. Ainda há US$ 820 de frete (aproximadamente R$ 1.850).

Note que por lá as versões têm a mesma nomenclatura utilizada pelo Ford Focus (S, SE, SEL) para que o comprador tenha facilidade em uma possível comparação. Um Focus S nos EUA custa a partir de US$ 16.910 (cerca de R$ 39.930).

Após o agito do lançamento, o preço da versão S subirá para US$ 19.815, já com frete incluso (cerca de R$ 44.700). Acima desta configuração estará o Golf SE, que partirá de US$ 25.315 (aproximadamente R$ 57.115), também com frete, e o SEL, de US$ 27.815 (cerca de R$ 49.220). A versão esportiva GTI terá preço inicial de US$ 24.995 (R$ 56.390). Os preços são ligeiramente maiores que os de seus principais concorrentes: o próprio Focus e o Mazda3 hatchback, que começa em US$ 18.495 (quase R$ 41.730).

Você viu?

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    VW faz vídeo interativo para divulgá-lo

    Para promover o lançamento do Golf 7 GTI nos Estados Unidos, a Volkswagen revelou um vídeo interativo em que o internauta tem a liberdade de poder escolher entre três ou mais modos de visualização -- para que fosse possível chegar a este resultado, a empresa teve de espalhar cerca de 80 câmeras "GoPro" pela carroceria do carro

Divulgação
Faróis e lanternas utilizam cor âmbar para luzes de piscas (lei nos EUA) Imagem: Divulgação
CONJUNTO MECÂNICO VELHO
O conjunto mecânico do Golf mexicano/americano também difere daquele do alemão, que é vendido no Brasil. Em vez de utilizar o moderno motor 1.4 TSI, as versões de entrada nos EUA serão equipadas com um motor 1.8 TSI, da família EA888 (que a Volks crava ser 20% mais econômico que o antigo 2.5 do Golf 6), que rende 172 cavalos e 27,7 kgfm de torque (o motor 1.4 TSI do carro vendido no Brasil gera 140 cv e 24,5 kgfm), e transmissões manual de cinco marchas ou automática Tiptronic (de seis velocidades, também usada por Beetle e Jetta). Essa automática é opcional na versão S (custa US$ 1.100, quase R$ 2.500) e item de série nas demais versões. No Brasil, o câmbio opcional é o automatizado DSG (dupla embreagem) de sete marchas para a versão Highline.

Para os fãs de esportividade a VW norte-americana oferece a configuração GTI, que utiliza os mesmos motor (2.0 turbo com 220 cavalos e 35,7 kgfm de torque) e câmbio (DSG, automatizado de dupla embreagem e seis marchas) do carro vendido no Brasil. Curiosamente, por lá o GTI não será uma versão única, mas uma família dividida em três versões: Base, SE e Autobahn. Também há uma versão a diesel (TDI), de 2 litros, capaz de render os mesmos 172 cv da versão a gasolina, mas com 32,6 kgfm de torque (o Golf TDI pode ter câmbio manual de seis marchas ou automatizado DSG, de dupla embreagem de seis velocidades).

VISUAL MAIS SIMPLES
Embora tenha o mesmo desenho do carro europeu, o Golf mexicano que habitará as ruas norte-americanas tem aparência simplificada. Por fora, grades e parachoques são os mesmos que o do modelo alemão, mas os faróis e lanternas utilizam a cor âmbar para as luzes de piscas (lei nos EUA). Curiosamente, a lanterna do GTA só tem elemento em LED na versão Autobahn -- nas outras, mais básicas, elas são idênticas às utilizadas pela versão Highline vendida no Brasil.

Por dentro o painel é totalmente preto, com poucos detalhes cromados e sem tons de cinza mais claros (ao contrário do carro alemão/brasileiro). A parte inferior, assim como o revestimento dos bancos, pode ser bege -- apenas o GTI pode ter maiores variações de cabine, incluindo bancos mais esportivos e detalhes de costura em vermelho. O freio de estacionamento nas versões mais básicas tem alavanca para acionamento manual (por aqui o sistema é controlado eletronicamente por botão).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo