Carros

Tunadora oficial da Mercedes chega ao Brasil com carro de R$ 149 mil

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

01/04/2014 11h27

A importação ao Brasil de carros da Mercedes-Benz preparados pela Brabus foi anunciada na manhã desta terça-feira (1º) pelo Grupo Strasse. As vendas começam a partir desta semana em apenas uma loja, a Europa Motors, de São Paulo (SP). O modelo mais barato, feito sobre o C180, custa R$ 149 mil. Ainda há mais dois: um baseado no C200 e outro no sedã-cupê esportivo CLS 63 AMG.

A revenda -- que se diz oficial -- promete estender a oferta a outros pólos do país, como Rio de Janeiro, Brasília, uma cidade da região Sul e uma do Nordeste.

Divulgação
Classe C18 e C20 Brabus são feitos sobre o Classe C Imagem: Divulgação

O "CÉU" TEM TRÊS MODELOS
Neste primeiro momento, serão apenas três carros oferecidos: o já citado Brabus C18 (baseado no C180, que custa R$ 119.900) a R$ 149 mil; o C20 (feito sobre o C200, de R$ 144.500) por R$ 175 mil; e o CLS 63 Brabus (sobre o CLS 63 AMG, de R$ 597.840) com valor inicial de US$ 310 mil -- perto de R$ 700 mil pelo câmbio atual.

Para o Classe C, best-seller da Mercedes, os preços estão, em média, 23% mais caros -- a diferença é de R$ 29.100 no caso do C180 e C18; e R$ 30.500 para C200 e C20.

A empresa não especificou qual método utiliza para deixar os carros mais fortes e potentes. Já os nomes (C18, C20) vêm da padronização utilizada na Europa.

Não confunda

  • Imagem: Murilo Góes/UOL
    Murilo Góes/UOL
    Imagem: Murilo Góes/UOL

    Brabus

    Brabus é uma empresa modificadora carros, não necessariamente da Mercedes-Benz. Foi fundada em 1977 por Bodo Buschmann e mexeu por muito tempo em modelos de outras fabricantes, como a japonesa Mitsubishi. Desde 2002 só, porém, a divisão modifica apenas veículos da marca alemã. Além disso, também prepara iates.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    AMG

    AMG é uma empresa preparadora de veículos e motores esportivos vinculada oficialmente ao Grupo Daimler (dono da MB) desde 2005. Foi fundada em 1967 por dois ex-funcionários da Mercedes, com a missão de transformar modelos da marca em carros de pista. A sigla vem do sobrenome dos sócios Hans Werner Aufrecht, Erhard Melcher e da cidade natal de Melcher, Grosspach.

No pacote brasileiro, o C18 é personalizado com spoilers e detalhes em alumínio e a potência do motor 1.6 turbo sobe para 182 cavalos (são 156 cv originais). No C20, são 224 cv extraídos do motor 1.8 turbo (originalmente são 204 cv). Em ambos, será possível escolher ainda rodas, escapamento e difusor.

André Deliberato/UOL
Modelos da Brabus têm um logo com a letra "B" no lugar da estrela da Mercedes Imagem: André Deliberato/UOL

Modelo mais caro, o CLS 63 Brabus recebe modificações ao gosto do cliente e, segundo a empresa, "o céu será o limite". De acordo com o comunicado da Strasse é possível personalizar o cupê de quatro portas "do pino de porta até mudanças de rodas, escapamento, suspensão e interiores".

Divulgação
CLS 63 Brabus é montado sobre o CLS 63 AMG Imagem: Divulgação

O importador também pretende importar versões modificadas das Classes E, ML e GLK, entre outras linhas da Mercedes. Além disso, donos de seminovos com menos de 12 meses poderão solicitar processo de personalização à empresa.

De acordo com a Strasse, os motores têm garantia de dois anos ou 100 mil quilômetros (para veículos zero-quilômetro). Mas os serviços de pós-venda, bem como atendimentos em garantia, ficarão aos cuidados da Mercedes.

André Deliberato/UOL
Logo da AMG na traseira dá lugar a um emblema com o nome "Brabus" Imagem: André Deliberato/UOL
QUEM É?
O grupo Strasse é a empresa importadora de Julico Simões, empresário brasileiro que limitou-se a dizer que possuía contatos com a matriz da Brabus na Alemanha.

Questionado sobre as estratégias do grupo no Brasil e por que somente em 2014 a empresa decidiu trazer a Brabus para o país -- mesmo após a alta do dólar e o aumento do IPI para carros importados --, Simões disse apenas que o mercado de luxo segue crescendo por aqui e que a Brabus era uma grande aposta para o segmento. "Por enquanto traremos a Brabus. Mais para frente podemos ter outras novidades", afirmou.

O executivo se recusou a comentar sobre expectativas de vendas e faturamento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo