Carros

Novo Ford Mustang vira fliperama para o Salão de Chicago

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/02/2014 14h01

Carros clássicos tendem a mobilizar fãs e até mesmo a se tornarem ícones culturais, com representações em filmes, fotos e itens como camisetas, bonés, bolsas, xícaras e até mesmo jogos de videogame. Mas o que dizer, no Século 21, de máquinas de pinball, também chamadas no Brasil de fliperama? Pois esta é a nova forma de representação do Ford Mustang 2015.

CLÁSSICOS

  • Divulgação

    No detalhe (acima) e por inteiro (abaixo), a máquina de quase US$ 5 mil inspirada no Mustang.

  • Divulgação

Este fliperama especial será apresentado esta semana durante o Salão de Automóveis de Chicago, que abre suas portas nesta quinta-feira (6) e segue até o próximo dia 18, nos Estados Unidos. Totalmente inspirado na novíssima geração do Mustang, que tem previsão de chegada ao Brasil em 2015, o jogo eletrônico foi projetado pelo designer Camilo Pardo, criador do clássico Ford GT, e criado pela Stern Pinball, empresa de Chicago com experiência no assunto -- já criou máquinas inspiradas na série Star Trek e em bandas como Metallica e AC/DC.

A cidade de Chicago, aliás, já teve outra experiência envolvendo máquina de pinball e o muscle car da Ford: no lançamento da primeira geração do carro, em 1964, a empresa Chicago Coin Company criou uma máquina de madeira inspirada no modelo. Um exemplar esteve exposto no estande da marca no último Salão de Detroit.  

Já a nova máquina abusa da tecnologia atual: são três versões do pinball, com diferentes níveis, telas de vídeo que mostram imagens estilizadas de diferentes gerações do carros, alto-falantes com sons reais do esportivo e possibilidade de ter até duas miniaturas do modelo dentro do gabinete. No exterior da versão mais cara é possível ter até emblemas e a grade real do carro.

Segundo George Gomez, vice-presidente da Stern Pinball e designer de fliperamas, que aparece no vídeo de divulgação sobre o pinball, que ilustra a reportagem, a máquina tenta reproduzir a atmosfera que envolve o Mustang. Há até estilizações do Mustang Fastback 1970, modelo preferido de Gomez.

Para os fãs brasileiros, notícias ruim: a máquina só está à venda nos Estados Unidos, sem previsão de exportação. Além disso, cada máquina não custa menos de US$ 4.995 (cerca de R$ 12 mil pelo câmbio deste começo de fevereiro). É o mesmo valor, nos Estados Unidos, de exemplares do Mustang fabricados nos anos 1990.

O CARRO
Com visual atualizado pelo estilo 2.0 da escola Kinetic da Ford, o novo Mustang é construído sobre nova plataforma para ser mais leve, ágil, eficiente e também tecnológico. A cabine mistura elementos com jeito retrô a computador de bordo e tela de LCD conectados à internet. Sob o capô, os motores V6 de 3,7 litros e 304 cv ou V8 de 5 litros e 425 cv estão disponíveis, mas podem ser substituídos por um -- heresia para muitos -- quatro-cilindros de 2,3 litros com turbo e 309 cv.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo