Carros

Novo Ka vem maior para pegar Onix e Gol; estreia será com motor 1.0

Claudio Luís de Souza

Do UOL, em Camaçari (BA)

16/11/2013 14h39

A apresentação do Ka Concept, esboço físico da terceira geração do compacto global da Ford, trouxe respostas a perguntas que ainda nem haviam sido feitas.

Houve um mal-entendido geral em relação ao tamanho do futuro Ka. A aposta era que, como no modelo atual, ele mantivesse um comprimento entre 3,8 e 3,9 metros -- mais para 3,8 metros, diga-se.

Mas não. Em conversas informais com pessoas ligadas à Ford, UOL Carros soube que o novo Ka terá 3,97 metros, exatamente a mesma medida do New Fiesta hatch, também construído sobre a plataforma global B. "Mas será mais espaçoso por dentro", garantiu um insider (literalmente).

Como é difícil fazer o milagre da multiplicação dos milímetros vagos trabalhando sobre a mesma distância entre-eixos, ou muito semelhante (2,49 metros no New Fiesta), o mais provável é que haja ganho de espaço na vertical. O Ka Concept pareceu mais "altinho" que o New Fiesta (1,46 m), que não é exatamente um paradigma de conforto para os passageiros traseiros.

O protótipo exibido em Camaçari estava trancado, e seu interior, incompleto. Não foram fornecidos dados técnicos (e nem uma trena para medir o conceito). 

  • Murilo Góes/UOL

    Novo Ka medirá 3,97 m, como o New Fista; desse ângulo lembra Gol e Onix, mas é simpático

O fato de o novo Ka ser muito maior do que se imaginava (e UOL Carros também errou nisso) o coloca numa briga direta com veteranos do mercado, como Volkswagen Gol e Fiat Palio, que atualmente só concorrem com o Ka em suas versões mais "peladas", com visual ultrapassado e motor 1 litro. Essa disputa também inclui carros como Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, mas exclui Nissan March e Volkswagen Up, além do eventual substituto do Fiat Mille.

NOVO KA: O ESSENCIAL

Ele vai ser maior que o atual; terá 3,97 metros, medida do New Fiesta, que usa a mesma plataforma
A estreia será como hatch, no 1º semestre de 2014 (após abril); o sedã chega depois, ainda em 2014
O motor da estreia será apenas o 1 litro 3-cilindros, aspirado, semelhante aos utilizados em HB20 e Fox Bluemotion; um propulsor maior virá depois
Câmbio automático ou automatizado: na estreia, provavelmente não haverá a opção -- mas, quando vier, não deve ser o Powershift, e sim um sistema de embreagem única
Os rivais não serão VW Up, March e os substitutos de Fiat Mille e Chevrolet Celta, mas os veteranos Gol e Palio, mais HB20 e Onix
Espero ao menos três versões, com preços entre R$ 30 mil e R$ 40 mil

A conclusão é que o Ka deve chegar em três ou mais versões de acabamento espalhadas numa faixa de preços entre R$ 30 mil e R$ 40 mil (com ligeira margem para mais ou para menos). Se o tamanho maior que o esperado não é justificativa suficiente, certamente a Ford vai apostar em conteúdo mais refinado para o segmento.

O sistema multimídia Sync é um deles, só que todos os rivais possuem algo equivalente. Oferta de ar-condicionado como item de série desde a versão de entrada é outro trunfo, assim como a de ar automático na top. Direção com assistência elétrica e até controles eletrônicos de tração e estabilidade são outras tecnologias que a Ford pode colocar no futuro Kazinho.

O novo Ka vai estrear apenas como hatch, com carroceria quatro-portas e inédito motor aspirado de 1 litro, três cilindros (12 válvulas), capaz de entregar potência e torque dignos de propulsores 1,4 litro. Não é pioneirismo da Ford, pois já estão no mercado motores semelhantes na gama HB20 e no Volkswagen Fox Bluemotion. Mas é uma evolução considerável a partir do guerreiro Rocam, que será aposentado juntamente com o "old" Fiesta, hatch e sedã, assim que for lançado o 100% inédito Ka sedã.

A carroceria três-volumes, ainda tratada pela Ford como uma fantasia da imprensa especializada, deve vir acompanhada da estreia de um motor maior na gama do novo Ka -- possivelmente o Sigma de 1,5 litro já utilizado no New Fiesta. Vale lembrar que uma nova fábrica de motores Ford será erguida perto da planta de Camaçari, mas o carro chegará às lojas antes. 

A opção de câmbio automático ou automatizado deve ser oferecida para a nova gama Ka oportunamente (mesmo quando ainda houver apenas o 1.0), mas possivelmente não será o Powershift de seis velocidades e dupla embreagem utilizado por New Fiesta e Focus. A escolha de um sistema menos sofisticado ajudará a conter o preço dentro do teto de R$ 40 mil.

ESCADA
A se cumprir a promessa de, até o final de 2015, vender no Brasil apenas produtos globais, a Ford prepara-se para oferecer um dos portfólios mais organizados do mercado brasileiro.

Seus carros de passeio serão Ka, hatch e sedã, de R$ 30 mil a R$ 40 mil; New Fiesta hatch e sedã, de R$ 40 mil a R$ 60 mil; Focus, hatch e sedã, de R$ 60 mil a R$ 80 mil; e Fusion, apenas sedã, acima e além de R$ 80 mil (os valores são aproximados). Não há o chamado "canibalismo", quando dois carros semelhantes de uma mesma marca estão na mesma faixa de valores (exemplo clássico: Volkswagen Gol e Fox).

A Ford joga muitas fichas no novo Ka. Neste ano, até o final de outubro, apenas o Fiesta (Rocam e New) aparece entre os dez modelos mais vendidos -- está em 5º lugar, com pouco mais de 107 mil emplacamentos. A expectativa é de que o futuro compacto tenha vendas mensais "de cinco dígitos", vale dizer, mais de 10.000 unidades, garantindo uma posição no disputado top 10 brasileiro. No mês passado, incluindo utilitários leves, o Ka ficou em 48º lugar.

Menor entre as maiores, ou maior entre as menores, com 8,55% de participação no mercado automotivo este ano (Volks e GM têm 19%, e Fiat, 22%), a Ford luta para não ceder espaço a rivais agressivas como Hyundai, Renault e Nissan, todas assumidamente em busca de consumidores das marcas tradicionais. O curioso na situação da Ford é que não há tanto a perder; Com o Ka vendendo bem, ela será mais uma a cobiçar os 60% das verdadeiras gigantes do setor.

Viagem a convite da Ford

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo