Carros

Ford começa a mostrar o novo Ka em novembro

Anderson Lima/UOL
Unidade do substituto do Ka é flagrada ao lado de um New Fiesta mexicano: Ford se mexe Imagem: Anderson Lima/UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/10/2013 17h29

A Ford vai repetir com o substituto do Ka a estratégia de marketing aplicada -- com muito sucesso -- ao EcoSport. Um protótipo do jipinho foi exibido à imprensa na primeira semana de 2012 e, ao longo do ano passado inteiro, a fabricante foi soltando informações sobre o modelo até culminar com o lançamento oficial, em setembro. Foram, ao todo, nove meses de buzz sobre o EcoSport.

Pois nos dias 12 e 13 de novembro a Ford recebe jornalistas do Brasil inteiro em Camaçari, na Bahia, cidade-sede de sua principal fábrica no país. O convite chegou a UOL Carros recheado de mistério: não revela qual o produto a ser mostrado, dizendo apenas que "se trata de uma exibição inédita, muito comentada na mídia, com a presença de importantes executivos mundiais da empresa".

Na Ford, o sigilo é total. Um muro de silêncio está erguido ao redor da apresentação em Camaçari. Mas nossa aposta é a de que, nos dois dias de novembro, conheceremos, no mínimo, um protótipo do novo Ka (entendido aqui como o compacto inédito e global que substituirá o Ka atual; o nome pode mudar).

Unidades do carrinho já foram flagradas no Brasil, e UOL Carros foi o primeiro site a publicar as fotos. Tudo indica que elas estiveram passando por testes na Europa, onde também foram flagradas (e onde ninguém entendeu nada), e voltaram ao Brasil pelo aeroporto de Viracopos (Campinas, SP).

O novo Ka terá, além de quatro portas na carroceria hatch (o atual tem apenas duas), uma inédita variação sedã, sobre a qual especula-se até a retomada do nome Escort -- já acontecida na China, com um três-volumes situado abaixo do New Fiesta Sedan. Aos motores da família Sigma (1,5 e 1,6 litros) deve-se somar um inédito três-cilindros, semelhante aos utilizados pela Volkswagen e Hyundai/Kia.

O maior rival do futuro Ka, o Volkswagen Up, já está prontinho, mas só será lançado em 2014 para não atrapalhar a cesta de prêmios que o Golf 7 deve receber este ano. A estratégia da Ford, de começar a criar expectativa pelo novo compacto alguns meses antes de seu lançamento, também é uma resposta ao barulho já feito pelo Up, mostrado como conceito no Salão de São Paulo de 2012.

O futuro Ka será fabricado em Camaçari, e seu lançamento deve acontecer ainda no primeiro semestre de 2014. O modelo atual, lançado em primeira geração em 1997, é o 4ª mais vendido da Ford no Brasil (atrás de Fiesta hatch, EcoSport e Fiesta Sedan). Em seu segmento (carros de entrada) perde de todos os rivais (entre eles, Fiat Mille, Chevrolet Celta e Renault Clio), menos do Peugeot 207.

Este ano, o "Kazinho" emplacou 21.398 unidades. Como se vê, está mais do que na hora de dizer adeus. Fica a dúvida, apenas, sobre se o Fiesta Rocam também morre com a chegada do novo compacto. A promessa era essa: até 2015, uma Ford brasileira vendendo apenas modelos globais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo