Carros

Kia usa Niro Concept para assustar Captur e EcoSport em Frankfurt

Do UOL, em São Paulo (SP)

Era complicado aceitar que a Kia Motors, reconhecida por apostar forte no visual de carros e conceitos, fosse levar apenas a feiosa segunda geração do Soul ao Salão de Frankfurt, que começa em menos de duas semanas na Alemanha. Afinal de contas, o "(ex-)carro-design" não é inédito -- foi apresentado ao mundo no Salão de Nova York, há alguns meses. Mas, para alívio dos amantes de novidades, a marca revelou esta semana que vai levar também um conceito ao evento, o Kia Niro.

O nome entrega boa parte da estratégia. Niro é derivado de nero, palavra com mais de um significado. É o equivalente a "negro" em latim, o que explica a cor preta da carroceria. Mas também é "forte, poderoso" identificando linhas robustas, ainda que o modelo seja compacto; com ele, a Kia promete mostrar ainda um novo motor, sobre o qual só adiantou que será "inovador e potente". Por fim, Niro contém as mesmas letras de Rio, modelo compacto (segmento B, na Europa) da marca ainda desconhecido no Brasil, mas que deve ceder a plataforma ao possível crossover. 

QUEM E ONDE

  • Divulgação

    Desta vez, Peter Schreyer (à esquerda) é inocente. Seu braço direito, Gregory Guillaume, responsável pelo centro europeu de design da Kia, é o criador do Niro, que será apresentado em Frankfurt.

    De toda forma, mostrar o conceito no salão será uma tarefa fácil: o escritório da marca fica a pouco mais de um quilômetro do centro de exposições onde o evento alemão é realizado.

POSSIBILIDADES
Sim, possível. A Kia diz que o conceito Niro servirá como termômetro para avaliar a receptividade do público a um crossover realmente compacto da marca. Até então, o menor representante da marca é o Sportage, que se alinha melhor a modelos como Honda CR-V e Toyota RAV4.

Se vingar, o Niro pode originar um modelo para brigar em igualde de condições (tamanho e preço) num dos segmentos mais quentes do momento: nele estão Ford EcoSport, que desembarca na Europa até o final de 2014; Renault Captur, baseado no novo Clio europeu e que promete inverter o trajeto do Eco e vir ao Brasil em 2014; Opel Mokka, a variante alemã do Chevrolet Tracker, que chega em breve; e claro Peugeot 2008, com fabricação no Brasil garantida.

Sem dados concretos de dimensões, resta o estilo: o Niro aposta numa atualização da linguagem da Kia. O visual que evoca um tigre ainda está lá, mas a grade frontal em forma de boca está menor -- como no Cerato hatch renovado -- e ganha destaque por sua iluminação de neon. Os faróis são mais alongados no sentido do comprimento, com detalhes de LEDs em "L" (ou "J"), outra influência latina. A linha de caráter elevada segue o Sportage e dá músculos para quem espia de fora e um certo aperto claustrofóbico para quem observa tudo de dentro.

Rodas gigantes, mas com desenho rústico, típico de picapes médias, contrastam com a pintura (também em preto e neon esverdeado). E tudo sublinha o teto em aço inox, num efeito que se assemelha demais ao do teto colorido do Captur. Por dentro, linhas suaves e poucos botões definem um cabine limpa e tecnológica, incluindo aí equipamentos como bloqueio de diferencial -- a influência germânica neste quesito não é culpa do designer-chefe e chefão Peter Schreyer (para saber quem assina o projeto, leia o quadro nesta reportagem). Mas a vontade de intimidar os rivais desde a aparência, certamente é.

P.S.: UOL Carros estará presente a mais uma edição do Salão de Frankfurt e iniciará sua cobertura in loco já no próximo final de semana. Fique ligado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo