Carros

Atualizada em 22.07.2013 16h56

Papa circula pelo Rio em carro barato e sem cinto de segurança

Claudio Luís de Souza

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Reprodução/Globo News

    Papa circula no Rio a bordo de um Fiat Idea sem usar o cinto de segurança

Toda a preocupação com a segurança pessoal do papa Francisco não valeu para um item básico: o pontífice circulou pelo Rio de Janeiro no banco traseiro de um Fiat Idea sem utilizar o cinto de segurança. O passageiro dianteiro também desprezou o equipamento. Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, trata-se de infração grave, com multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na carteira do motorista.

O papa chegou ao Brasil na tarde desta segunda-feira (22), na Base Aérea do Galeão, onde foi recebido pela presidente Dilma Rousseff e autoridades do governo e da igreja católica. Depois, saiu num comboio de veículos, que foi acompanhado pelas câmeras de televisão.

A primeira surpresa foi ele embarcar num Idea, carro relativamente simples (parte de R$ 43.290 e vai até R$ 52.400) e que não é adequado para blindagem. Sabia-se que Francisco ia desprezar os papamóveis tradicionais, geralmente jipões da Mercedes-Benz (falamos sobre um deles no Blog da Redação), mas na prática foi como se ele pegasse um táxi.

A segunda foi o descuido com a segurança automotiva. Além de o papa claramente desprezar o cinto de segurança, tendo inclusive se movimentado livremente no banco para acenar pela janela aberta, o Idea não possui equipamentos como airbags de cortina e laterais, nem controles de tração e estabilidade. A unidade usada por Francisco só tem airbags frontais e freios com ABS.

A Fiat ofereceu ao Vaticano o empréstimo de dois Idea (versão Essence, motor 1.6) e dois Bravo (também Essence, motor 1.8) para uso pela comitiva do papa no Brasil. A razão é a origem italiana da fabricante (nos ares, o papa viaja de Alitália). A Fiat não comentou se sabia que um dos modelos seria utilizado pelo próprio Francisco. 

Mais tarde, por volta de 17h, o papa Francisco passou a circular pelo Rio num carro aberto -- agora sim, um Mercedes-Benz Classe G adaptado para as necessidades do Vaticano.

Com André Deliberato e Eugênio Augusto Brito

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo