Topo

Carros

Sedã vai responder por metade das vendas do A3, diz Audi

Divulgação
A3 Sedan: três-volumes baseado no veterano hatch tem responsabilidade enorme para a VW Imagem: Divulgação

Do UOL,em São Paulo

13/06/2013 22h30

A Audi acredita que o A3 na carroceria sedã, cuja fabricação acaba de começar na fábrica da marca alemã na Hungria, vai superar o tradicional hatchback em vendas. "Cremos que um em cada dois futuros clientes de A3 vai optar pelo sedã", disse Josef Schlossmache, porta-voz da Audi, segundo a agência Bloomberg.

O carro será apresentado à imprensa global, com direito a test-drive, na próxima semana. UOL Carros já o viu pessoalmente, em março. As vendas na Europa devem começar perto do Salão de Frankfurt, em setembro. No Brasil, o carro chega apenas em 2014.

Ainda segundo a Bloomberg, citada pelo Automotive News, o esperado sucesso do A3 Sedan serviria para a Audi se aproximar da conterrânea BMW no ranking global de marcas premium quanto a vendas de carros novos -- foram 1,45 milhão de unidades em 2012, ante 1,54 milhão da BMW. A Mercedes-Benz, que já ficou para trás há dois anos, emplacou 1,32 milhão no ano passado.

A lucratividade da Audi, maior que a das marcas "populares" do grupo Volkswagen (como a tcheca Skoda e a espanhola Seat) é fundamental para financiar os planos da Volks de superar General Motors e Toyota e tornar-se a maior montadora do mundo até 2018. Nada menos que 56% dos lucros do grupo no primeiro trismestre deste ano vieram da marca das quatro argolas. 

O preço estimado do A3 Sedan na Alemanha é de 25 mil euros (US$ 32.150, ou cerca de R$ 70 mil). As vendas na China, fundamentais para o sucesso do modelo, começam no final deste ano.

Mais Carros