Carros

Audi A3 Sport, vendido a R$ 120 mil, tem preço oficial de R$ 115 mil

Sauer Stefan/Divulgação
Audi A3 de duas portas e motor 1.8 de 180 cavalos: cor vermelha já é a mais pedida Imagem: Sauer Stefan/Divulgação

Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/05/2013 14h47Atualizada em 17/05/2013 22h14

A Audi já iniciou o processo de vendas do novo A3 no Brasil, modelo cuja chegada estava prometida para este mês de maio (após alguns atrasos por adequações no "panorama internacional"). Quem procurar o site da marca pode configurar o modelo em sua configuração Sport (duas portas), escolhendo basicamente a cor, mas não consegue obter o preço final. Alguns concessionários, porém, já acertaram a entrega das primeiras unidades por R$ 120 mil desde o começo do mês. Nesta sexta-feira (17), a Audi do Brasil cravou o valor oficial em R$ 115 mil, com entrega a partir da segunda-feira (20).     

UOL Carros havia apurado que o lote inicial do novo Audi A3 estava nos portos brasileiros no processo de desembaraço e entrega em até 20 dias. Concessionárias abriram novas listas de interesse cobrando um valor de "reserva" de R$ 8 a R$ 10 mil, variando de acordo com a loja procurada e também com a configuração interna escolhida. As listas servem também para reserva das primeiras unidades da configuração Sportback (quatro portas), que deve levar de 30 a 50 dias para chegar ao Brasil, ao preço "de trabalho" de R$ 130 mil

Segundo as fontes ouvidas, o preço não-oficial dependia do processo burocrático. Assim, o valor real de etiqueta para o novo Audi A3 poderia mesmo ser maior ou menor que os R$ 120 mil (Sport) ou R$ 130 mil (Sportback) pedidos no primeiro momento -- neste caso, o acerto com os primeiros compradores seria feito na entrega. Se você foi um dos compradores do lote inicial e ouviu esta promessa, cobre o combinado. 

RIVAIS
Embora esteja alinhado ao preço da geração anterior do A3, este valor é alto se comparado aos rivais do novo modelo: o novíssimo Mercedes-Benz Classe A parte de R$ 99.900 em sua configuração de entrada (Style), chegando a R$ 109.900 na atual topo de gama (Urban), sempre com motor 1.6 turbo de 156 cavalos e 25,5 kgfm de torque. O BMW Série 1 da atual geração chegou ao Brasil antes dos concorrentes e é também quem mais facilita o acesso ao clube premium, com preço abaixo dos R$ 90 mil, além do motor 1.6 com turbo Twin Scroll de 172 cv.

Na comparação direta possível, o novo A3 é o mais potente e o que conta com uma lista de equipamentos disponíveis (ainda quem nem sempre de série) mais completa. Por outro lado, seu visual é facilmente apontado como o mais conservador e sua tocada intermediária entre a do Classe A (mais urbano) e do Série 1 (o mais arisco dos três modelos, o que pode empolgar quem procura um hatch mais "divertido", graças à tração traseira).

  • Stefan Sauer/Divulgação

    Novo motor 1.8 TFSI tem 180 cv e 28,5 kgfm de torque (a mesma força do 2.0 atual); câmbio é o Stronic, automatizado de sete marchas e dupla embreagem, com trocas atrás do volante

O QUE ELE TEM
O novo A3 negociado neste momento tem apenas a motorização mais potente: trata-se do motor 1.8 TFSI (turbinado e com injeção direta de gasolina), que gera 180 cavalos de potência, tem sistema start/stop (desliga o motor em paradas rápidas, como as de semáforo) e é gerenciado pelo câmbio S tronic, automatizado, com sete marchas e dupla embreagem. Com este conjunto, a página oficial da Audi promete um consumo de 18 km/l.

Espera-se, para o segundo semestre, a chegada do A3 com motor 1.4 de 122 cavalos do A1 e o mesmo câmbio automatizado de sete marchas, como opção mais básica -- na Europa, a Audi coloca um 1.4 de 140 cavalos, 25,5 kgfm de torque e desligamento de cilindros (pode funcionar com apenas dois dos quatro cilindros para poupar combustível) nesta variante, mas o motor ainda não foi homologado para o Brasil. 

No pacote do carro que chega agora há ainda rodas de alumínio fundido de 17 polegadas, pneus 225/45, teto solar, acabamento interno esportivo (escuro até a altura do painel, prata em direção ao teto), ar automático, bancos esportivos (mas com revestimento de tecido) sistema multimídia MMI e nova tela colorida para o computador de bordo.

Há um único opcional para o modelo neste momento, o sistema com tela multimídia colorida, integração com celular e navegação por GPS ligada ao sistema Google Earth (chamado pela Audi de Music Interface com Navegação Plus), pelo qual são cobrados até R$ 11.500.

No total, são 12 cores disponíveis: Branco-Amalfi, Preto-Brilhante e Vermelho-Brilhante (sólidas); Marrom-Beluga, Cinza-Dakota, Prata-Gelo, Branco-Glaciar, Cinza-Monção, Azul-Scuba e Vermelho-Shiraz (metálicas); Vermelho-Misano e Preto-Fantasma (perolizadas).

COMPORTADO
UOL Carros experimentou o novo A3 em duas ocasiões, sempre na Alemanha. O veredito das duas avaliações é semelhante: o hatch está mais amplo -- são 4,23 metros de comprimento com 2,60 m de entre-eixos na configuração Sport -- ainda que seu visual tenha ficado mais careta que o da geração atual.

Em trânsito, o novo A3 é equilibrado, podendo andar forte sempre que o motorista quiser, ainda que a tendência seja se comportar como se estivesse sobre trilhos, com trabalho suave (mas eficiente) de suspensão e ampla ação dos sistemas de auxílio ao motorista.

Resta saber como o modelo se ajusta ao tráfego, asfalto e combustível nacionais. Para ler a íntegra da avaliação feita no exterior, clique aqui.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo