Carros

Volkswagen estreia linha 2014; destaque é o Fox Rock in Rio

Divulgação
Versão do Fox alusiva ao festival, que acontece no mês de setembro, volta ao mercado por R$ 44.690 Imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em São José dos Pinhais (PR)

28/03/2013 13h37

A Volkswagen apresentou nesta semana, em São José dos Pinhais (PR), a linha 2014 de Gol, Voyage, Fox, CrossFox e, acredite, Gol G4, Polo e Golf, os quais ganham mais um ano de vida nas mesmas (e ultrapassadas) gerações. A Saveiro não foi mostrada por aqui e deve, segundo informações apuradas por UOL Carros, ser apresentada somente em abril (já com a "cara" de Gol e Voyage).

Confira o que muda em cada carro:

Gol G5 2014
Sem alterações nas versões 1.0, o Gol recebe novidades a partir da versão de entrada com motor 1.6, que ganha freios ABS e airbag frontais como equipamentos de série. Além disso, a Power, topo de linha, passa a se chamar Highline. Ela agrega ar-condicionado, vidros traseiros elétricos, retrovisor rebatível para auxílio em manobras e sensor de estacionamento de série (antes opcionais) a um pacote que já contava com direção hidráulica, alarme, travas elétricas e chave-canivete.

Voyage 2014
O sedã ganha freios ABS e airbag duplo em todas as versões, desde a de entrada com motor 1.0 (já se enquadrando na lei que entra em vigor a partir de 2014, que obriga todos os carros fabricados no Brasil a dispor desses equipamentos). O Voyage 1.6 também passa a oferecer ar-condicionado, vidros traseiros elétricos, retrovisor rebatível para auxílio em manobras e sensor de estacionamento de série e, assim como no Gol, muda o nome da versão topo (de Comfortline para Highline). O pacote Bluemotion continua disponível como opcional para os dois. Os motores são os mesmos 1.0 TEC de 76/72 cv e 10,6/9,7 kgfm de torque (etanol/gasolina) e 1.6 VHT de 104/101 cv e 15,6/15,4 kgfm de torque.

Fox/CrossFox 2014
As principais novidades da linha Volkswagen 2014 estão no Fox. O modelo passa a oferecer freios ABS (de última geração) e airbag duplo em todas as versões (também pensando em 2014), sistema de freios recalibrado, chave de seta com recurso de um toque (que aciona três vezes as setas sem necessariamente acionar a alavanca), computador de bordo e rádio de nova geração (os mesmos inaugurados por Gol e Voyage em 2012, com o sistema Eco Comfort e novo formato estrutural), além de comandos dos faróis em uma chave na parte esquerda do painel (e não mais na alavanca de seta). Fora isso, a versão topo também abandona o nome Prime (para se chamar Highline) e a Rock in Rio volta ao mercado (a produção começa agora e termina na época do festival, em setembro). O motor 1.6 não tem alterações e o 1.0 passa a ser o TEC.

Polo e Polo Sedan 2014
Ambos ganham detalhes estéticos internos, novos revestimentos dos bancos, calotas e desenho de rodas (aro 16 passa a ser opcional). Curiosamente, as versões topo continuam com os sobrenomes Sportline e Comfortline, respectivamente, e não adotam o Highline, que a Volks diz fazer parte de um padrão global. Freios ABS e airbag duplo já eram oferecidos de série. Os motores são os mesmos 1.6 e 2.0 flex.

Golf 2014
Grade do radiador pintada em preto brilhante, apliques nas grades inferiores do para-choque e nova iluminação interna formam o Golf 2014. Rodas de 17 polegadas passam a ser oferecidas como opcional para a versão de entrada. O carro continua sendo proposto com os motores de 1,6 e 2 litros e traz, de série, ABS, airbag duplo, rádio CD-Player com MP3, Bluetooth, SD e USB, trio elétrico, direção hidráulica e ar-condicionado digital. O sobrenome das versões de topo também continua o mesmo: Sportline. O Golf 7 só deve chegar em 2014, já como modelo 2015.

O Gol G4 não recebeu alterações. Veja todos os preços, que já incluem o aumento progressivo de IPI de abril (os carros já estão chegando às lojas, segundo a Volks):

Gol G4 1.0 -- R$ 25.750
Gol G4 1.0 Ecomotion -- R$ 25.750
Gol G4 1.0 4 portas -- R$ 27.780
Gol G4 1.0 Ecomotion 4 portas -- R$ 27.780
 
Gol G5 1.0 -- R$ 28.280
Gol G5 1.0 4 portas -- R$ 29.910
Gol G5 1.6 -- R$ 33.210
Gol G5 1.6 4 portas -- R$ 34.850
Gol G5 1.6 I-Motion -- R$ 36.000
Gol G5 1.6 I-Motion 4 portas -- R$ 37.640
Gol G5 1.6 Highline 4 portas -- R$ 44.690
Gol G5 1.6 Highline I-Motion 4 portas -- R$ 47.480
 
Voyage 1.0 -- R$ 33.790
Voyage 1.6 -- R$ 38.590
Voyage 1.6 I-Motion -- R$ 41.380
Voyage 1.6 Highline -- R$ 47.190
Voyage 1.6 Highline I-Motion -- R$ 49.980
 
Fox 1.0 2 portas -- R$ 32.250 
Fox 1.0 -- R$ 33.770
Fox 1.6 -- R$ 37.470

Fox 1.6 I-Motion -- R$ 40.260
Fox 1.6 Rock in Rio -- R$ 44.690
Fox 1.6 Highline -- R$ 45.990
Fox 1.6 Highline I-Motion -- R$ 48.780

CrossFox 1.6 -- R$ 50.600
CrossFox 1.6 I-Motion -- R$ 53.390

Polo 1.6 -- R$ 47.810
Polo 1.6 I-Motion -- R$ 50.600
Polo 1.6 BlueMotion -- R$ 52.210
Polo 1.6 Sportline -- R$ 50.900
Polo 1.6 Sportline I-Motion -- R$ 53.690
 
Polo Sedan 1.6 -- R$ 50.570
Polo Sedan 1.6 I-Motion -- R$ 53.360
Polo Sedan 1.6 Comfortline -- R$ 52.800
Polo Sedan 1.6 Comfortline I-Motion -- R$ 55.590
Polo Sedan 2.0 Comfortline -- R$ 56.290
 
Golf 1.6 -- R$ 52.760
Golf 1.6 Sportline -- R$ 57.290
Golf 2.0 automático -- R$ 59.580
Golf 2.0 Sportline Automático -- R$ 62.620

ROQUEIRO
UOL Carros teve a oportunidade de fazer um breve test-drive com uma unidade do Fox na versão Rock in Rio (neste ano, o festival acontece em setembro). Dinamicamente, o carro é exatamente igual a um Fox 1.6, que tem bom ritmo de aceleração e retomadas ligeiras quando equipado com o câmbio manual de cinco marchas (que é preciso e bem escalonado).

A suspensão é equilibrada, mas não é macia. Assim como na SpaceFox (derivada do Fox, mas feita na Argentina), ela tem conjunto mais rígido e algumas pancadas secas em certos momentos. Característica que pode afastar clientes que querem sair de um popular e procuram por conforto.

Os freios estão melhores e os pedais, mais sensíveis. A Volkswagen não divulgou dados de frenagem, mas é perceptível a diferença entre o novo conjunto e o antigo (basicamente, discos e pinças maiores). Quem é cliente de Fox sabe que os freios não eram bons atributos do carro. Agora são.

Por dentro, a nova disposição interna dos instrumentos é parecida com a de Gol e Voyage. De fato, ela é melhor ergonomicamente que a do Fox anterior. A posição de dirigir mais elevada, característica típica do carro, continua. O sensor de estacionamento com auxílio visual e sonoro no painel, aliado ao sistema tilt-down (que inclina o espelho do retrovisor, item velho de guerra no Polo e presente no Fox Highline e no R&R) ajudam na hora da baliza e evitam uma eventual encostada no carro de trás, além de prejuízos às rodas.

Na estrada (a maior parte do percurso foi rodoviário), a indicação no painel apontava para 10,2 km/l (com etanol no tanque). A Volkswagen cita o número do ciclo combinado, de 7,3 km/litro (trecho feito 45% na estrada e 55% na cidade). O test-drive feito por UOL Carros foi sempre com ar-condicionado ligado e num ritmo mais forte, mas sempre respeitando o limite de velocidade, de 120 km/h.

Viagem a convite da Volkswagen 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo