Carros

Peugeot lança 2008 em 2013 e 2014

Claudio Luís de Souza/UOL
Peugeot 2008: um dos poucos carros atuais com teto em degrau, para aumentar o espaço vertical Imagem: Claudio Luís de Souza/UOL

Claudio Luís de Souza
Eugênio Augusto Brito

Do UOL, em Genebra (Suíça) e São Paulo (SP)

05/03/2013 13h19Atualizada em 05/03/2013 20h12

A Peugeot faz no Salão de Genebra a estreia mundial do crossover urbano 2008, derivado do compacto 208, este lançado na Europa no ano passado e previsto para chegar às lojas do Brasil em abril próximo. Com 4,16 metros de comprimento, o 2008 vai brigar no país com Ford EcoSport (principalmente), Renault Duster e os carros que vierem a ser feitos a partir dos conceitos Volkswagen Taigun e Honda Urban SUV.

O 2008 europeu tem motores pequenos, alguns de três cilindros, 1,2 litro de capacidade e diferentes aplicações -- aspirado, com turbo e um híbrido diferente, que substitui o esperado gerador elétrico por sistema de ar comprimido. Há somente uma opção de 1,6 litro a gasolina e outra a diesel. No Brasil, o jipinho vai usar os motores "médios" atuais da PSA, ou seja, um de 1,5 litro e outro de 1,6 litro, ambos bicombustíveis. Uma versão nervosa pode incorporar o THP, que entrega 165 cv em alguns modelos do grupo francês.

SÓ VÊ QUEM ENTRA

  • Claudio Luís de Souza/UOL

    Posição de dirigir não só é, como tem de ser elevada, para poder ver o painel por cima do volante

  • Claudio Luís de Souza/UOL

    Atrás, não é possível acomodar o braço junto à porta; na imagem, o puxador atrapalha

Quem curtiu a ideia de investir no "suvinho" da marca do leão, no entanto, terá de esperar. O 208 está saindo do forno, mas o 2008 só deverá ser mostrado ao consumidor brasileiro no Salão do Automóvel de São Paulo de 2014, podendo chegar às lojas apenas na aurora de 2015. Ou seja, não espere ver o 2008 nacional antes de outubro daquele ano, cerca de 18 meses depois do hatch compacto premium vir à luz..

UOL Carros apurou que o processo de "internalização" do 2008 no país não será mais fácil só porque outro carro de mesma plataforma estará sendo feito em Porto Real (RJ). Que se dê um desconto: a Peugeot nunca fez um carro do segmento no Brasil.

Na Europa, as encomendas do 2008 devem abrir em maio, e os carros começam a ser entregues em julho. De 2013, claro.

COMO ELE É
Aqui em Genebra foi possível, pela primeira vez, entrar no 2008 e sentir como é sua cabine. O habitáculo é muito confortável para motorista e passageiro, e os eventuais ocupantes de trás desfrutam de bom espaço, desde que sejam dois e não meçam muito mais de 1,80 metro. É um efeito do pequeno degrau no teto, que fica mais alto em direção à traseira a partir da coluna B. Do lado de fora, para não ficar desarmonioso, foi preciso acrescentar um arremate acima das janelas.

Para quem dirige, continua a obrigação de regular sua posição para ver os instrumentos por cima do volante -- exatamente como no 208. Se não fizer isso, a visão será bloqueada pela peça. Mas é uma peculiaridade bem interessante, e a fabricante já disse que irá treinar seus vendedores para explicar aos motoristas como fazer a coisa certa.

Um vacilo de projeto condena os passageiros traseiros a não conseguir viajar em paz caso tenham, como a maioria tem, dois braços. O membro que estiver mais próximo da porta não poderá ficar junto ao corpo porque o apoio de braço, supostamente feito para ajudar, vai pressioná-lo; caso opte por apoiar o braço no... apoio de braço, a pessoa vai descobrir que este é curto demais e interrompido pelo puxador, que mantém ao menos a mão para fora, pendurada no ar.

Ou seja, não dá para apoiar o braço no apoio de braço do 2008.


GRIP CONTROL
Há várias versões do suvinho expostas aqui em Genebra (os preços não foram divulgados). Uma delas tem bancos em couro nas bordas e tecido ao centro -- mesmo assim, eles podem ser aquecidos. O formato é esportivo, quase em concha. Já o revestimento do teto apresentava alguns grafismos fluorescentes (feitos a laser, estão se tornando comuns em mercados como o indiano e talvez sejam opcionais no modelo europeu; aliás, há a possibilidade de personalizar o exterior com adesivos), e pelo menos um carro aqui tem teto panorâmico fixo (de vidro), revestimento interno totalmente em couro e ar-condicionado digital de duas zonas de refrigeração. Também nesta unidade, um seletor no console central comanda o Grip Control, com cinco opções de aderência: normal, areia, neve, off-road e sem ESP (controle de estabilidade). Não parece algo que virá ao Brasil, onde a Peugeot pensa num 2008 mais urbano.

  • Denis Balibouse/Reuters

    Perfil do 2008 (acima) revela degrau no teto que começa exatamente na coluna B e adesivação na base da carroceria. No interior, técnica "embossed" a laser cria grafismos fluorescentes.

  • Divulgação

A Peugeot, pelo menos na Europa, aposta também em cores berrantes, como o verde-limão já conhecido do conceito mostrado em Paris 2012, além de amarelo e o audaz laranja mostrado em foto nesta reportagem. As rodas vão de 15 a 17 polegadas. A interatividade ficará por conta do Peugeot Connect Apps, com aplicativos diversos (para lazer e de ajuda à condução, todos ligados à internet do celular) e exibição em tela no painel frontal.

Segundo UOL Carros apurou, a Peugeot do Brasil quer dar um upgrade no interior do 2008 a ser feito aqui, talvez porque seu alvo sejam famílias (casal e dois filhos), e não só jovens aventureiros, público-alvo descrito nas apresentações do carro na Europa. Seria este, também, um motivo para a longa espera por um suvinho (ou crossover, como quer a fabricante) que, ao chegar, deve encarar um Duster já reestilizado e um EcoSport bem estabelecido e a ponto de receber um tapinha no visual. Vida mansa, o 2008 não terá.

Viagem a convite da Fiat

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo