HB20 e Onix mostram força e Etios fica para trás; Duster passa EcoSport

Do UOL, em São Paulo (SP)

Os três principais estreantes no mercado automotivo brasileiro mostraram em novembro a que vieram. As vendas do Hyundai HB20 explodiram e chegaram a 8.077 unidades, suficientes para colocá-lo na oitava colocação entre os automóveis mais emplacados no mês (fica em 9º lugar quando se corrige o ranking considerando também picapes e SUVs).

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (3) pela Fenabrave, entidade que congrega concessionários de veículos de todo o país.

O Chevrolet Onix também obteve um desempenho interessante, emplacando 7.409 carros em novembro e ficando em 10º lugar (11º no ranking corrigido).

O Toyota Etios, único dos três novatos que já é vendido como hatch e sedã, e que está há mais tempo no mercado que os rivais de Hyundai e Chevrolet, foi mal no mês passado. O dois-volumes emplacou 1.322 unidades, e o três-volumes, 773 (são 2.095 caros somando as duas variantes). No ranking corrigido, o Etios hatch conseguiu um quase invisível 49º lugar. Pensado para ser o carro de volume da fabricante japonesa no Brasil, por ora vende quase quatro vezes menos que o Corolla.

A "boa notícia" para a Toyota é que o Etios dois-volumes foi o único carro de entrada que ampliou suas vendas em novembro (cresceu 15,9%).

O Volkswagen Gol manteve folgada liderança nas vendas gerais, seguido de perto pelos Fiat Uno e Palio, os dois carros que, em conjunto, teriam a missão de minar o eterno campeão de vendas; isso não aconteceu e parece que não acontecerá, mas os dois modelos da marca italiana, somados, emplacaram em novembro cerca de 10 mil unidades a mais que o Gol.

Na guerra das picapes médias, a Chevrolet S10 lidera, com a Toyota Hilux num segundo lugar bastante próximo. Mas, na categoria de comerciais leves/utilitários, a briga que mais chama a atenção é a entre os SUVs compactos Renault Duster e Ford EcoSport. Neste mês, o modelo da francesa cravou 4.685 emplacamentos, ante 3.633 do rival -- que, em outubro, esteve à frente nas vendas com certa folga.

Veja os 15 carros mais vendidos em novembro, incluindo picapes e SUVs (entre parênteses, os números acumulados no ano).

1º) Volkswagen Gol -- 25.591 (265.262)
2º) Fiat Uno -- 18.611 (237.581)
3º) Fiat Palio -- 17.268 (167.955)
4º) Volkswagen Fox/CrossFox -- 11.676 (154.104)
5º) Fiat Siena -- 11.606 (91.611)
6º) Chevrolet Celta -- 9.894 (126.315)
7º) Fiat Strada -- 9.806 (107.116)
8º) Volkswagen Voyage -- 8.483 (86.626)
9º) Hyundai HB20 -- 8.077 (11.388)
10º) Chevrolet Classic -- 7.989 (88.558)
11º) Chevrolet Onix -- 7.409 (7.651)
12º) Renault Sandero -- 6.963 (90.127)
13º) Ford Fiesta/New Fiesta -- 6.817 (105.606)
14º) Chevrolet Cobalt -- 5.679 (60.505)
15º) Volkswagen Saveiro -- 5.063 (60.181)

No ranking das montadoras, a Fiat ampliou sua vantagem sobre a Volkswagen no mês em relação ao acumulado do ano, garantindo fatia de 24,02% do mercado, considerando autos + comerciais leves. A marca alemã teve 20,79%, seguida de General Motors (17,72%), Ford (8,07%), Renault (6,01%) e Hyundai (4,75%, obtidos graças ao bom desepenho do HB20).

Cada vez mais parece inevitável que a Renault ultrapasse a Ford e ocupe o quarto lugar em vendas no Brasil, mas no acumulado do ano a vantagem da marca americana é um pouquinho maior, e esse duelo particular deve ficar para 2013. 

NÚMEROS GERAIS
No total, as vendas de automóveis e comerciais leves (inclui picapes e SUVs) recuaram 9,14% em novembro, com emplacamento de 297.031 unidades, ante as 326.904 comercializadas em outubro. Na comparação com novembro do ano passado, quando foram emplacadas 305.180 unidades, houve queda de 2,67% -- no entanto, no acumulado anual, 2012 segue mais forte que 2011, com crescimento de 6,29%.

Considerando todos os tipos de veículos mensurados pela Fenabrave (além de automóveis e comerciais leves, há caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e acessórios de transporte), no mês de novembro o setor automotivo apresentou queda de 9,05% nas vendas, com emplacamentos de 451.613 unidades, ante 496.568 em outubro.

Na comparação anual, também houve queda, de 10,56%. No acumulado o setor também apresentou uma pequena retração de 1,53%. Entre janeiro de novembro deste ano, 5.132.967 veículos automotores foram vendidos, contra 5.212.660 no mesmo período do ano passado.

A previsão da Fenabrave é de que 2012 feche com 3.589.975 autos e comerciais leves emplacados, e 5.475.111 veículos no total. São números praticamente estáveis em relação aos verificados em 2011.

UOL Cursos Online

Todos os cursos