Segredos automotivos

Ford Focus sedã passa por testes perto do mar brasileiro

Do UOL, em São Paulo (SP)

Desde o primeiro trimestre deste ano começaram a aparecer unidades do novo Ford Focus (3ª geração) circulando pelo Brasil, ainda bastante disfarçadas. A família toda disse "oi": hatch, sedã e perua.

Desde então a fabricante apresentou longamente o novo EcoSport, admitiu em Paris que o New Fiesta fabricado no Brasil já virá de cara nova, mostrou o Fusion Ecoboost 2.0 e ainda revelou a UOL Carros que este teria versão com motor 2,5 litros flexível -- o mesmo da picape Ranger, que também ganhou nova geração nesse meio tempo.

E o Focus?

Bem, demorou até o Salão de São Paulo, encerrado há duas semanas, para alguém na Ford confessar que o modelo será renovado no Brasil em 2013. Agora voltam a aparecer mais unidades camufladas do modelo, notadamente do sedã, flagrado em cidades litorâneas do Brasil nas últimas semanas pelos leitores Igor Roger Silva, em Vitória (ES), e Alexandre José Castro de Araujo, em Maceió (AL), possivelmente em testes que medem dados de desempenho obtidos ao nível do mar. Sinal de que o lançamento pode acontecer ainda no primeiro trimestre do ano que vem.

  • Igor Roger Silva/UOL

    Se não fosse por outro motivo, as manjadíssimas rodas denunciariam que se trata de um Focus

DÚVIDAS E CERTEZAS
O Focus atual, de segunda geração, é xodó de boa parte da crítica automotiva, entre outras razões, por ter suspensões independentes nas quatro rodas, característica da plataforma que divide com carros mais caros por aqui (como os Volvo C30 e o novo V40, embora "modificada" neste). No entanto, esta terceira geração, lançada globalmente em 2011, já traz a nova plataforma C (média) da Ford, inédita no Brasil, já que não é a mesma de New Fiesta/EcoSport nem de Fusion.

Restam ainda muitas dúvidas sobre o que cercará o Focus 3 no Brasil. Por exemplo, logo após seu primeiro ano por aqui ele já poderá ficar defasado, pois é razoável esperar um facelift de meio de ciclo, e global, em 2014 -- mais ou menos o que aconteceu com o New Fiesta hatch, que está ganhando visual novo no exterior e acompanhará a mudança quando passar a ser fabricado no ABC (SP), no ano que vem. Em outubro fez exatamente um ano que o modelo foi lançado com o visual atual.

Quanto às certezas: o novo Focus certamente terá um motor de 1,6 litro, seja ele o atual Sigma, bicombustível, ou o Ecoboost utilizado no Fusion, que é apenas a gasolina. Nenhum problema: o novo Hyundai i30 será apenas 1.6, e é o grande inimigo do Focus no segmento dos hatches médios. No entanto, dificilmente a Ford abrirá mão de um motor de 2 litros para as versões mais caras, e o que está à mão no Mercosul é o Duratec, já instalado sem dramas de consciência num carro novo -- o EcoSport. Também é aposta ganha esperar o câmbio de embreagem dupla e seis velocidades.

De resto, é curioso que os flagras mais recentes sejam do três-volumes. A Ford não pode mais tirar o pé na bola dividida dos sedãs médios no Brasil, que respondem por 8,9% do mercado este ano. E o Focus atual é, ao contrário do hatch (líder de segmento), um indiscutível perdedor: emplacou este ano, até o final de novembro, apenas 5.947 unidades.

Tem de ser muito malsucedido para ficar atrás de Renault Fluence, Nissan Sentra e Peugeot 408 no segmento. E é o caso do Focus sedã. Resta saber se é perdido, ou se dá para melhorar em 2013.

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie as imagens para UOL Carros, com seu nome completo, RG ou CPF, telefone, cidade de residência e local do flagrante. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

Para enviar, use o e-mail uolcarros@uol.com.br

UOL Cursos Online

Todos os cursos